Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/11/2005 08:24

MS já tem R$ 10 milhões para indenizar pecuaristas

Fernanda Mathias/Campo Grande News

Já estão nas contas da SFA (Superintendência Federal de Agricultura) de Mato Grosso do Sul R$ 10 milhões para indenizar criadores que tiveram seus bovinos sacrificados em função dos focos de febre aftosa em Eldorado e Japorã. A informação foi dada esta manhã, em entrevista ao Bom Dia MS, da TV Morena, pelo secretário de Defesa Agropecuária do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Gabriel Maciel, que segue esta manhã para Eldorado, onde explica as ações da Comissão Interministerial da Febre Aftosa e vai conhecer de perto as demandas dos moradores dos cinco municípios interditados em função da doença.
Gabriel disse que por enquanto só se discute a indenização por animais, cujo valor é definido em parceria com a Iagro e os produtores. Ontem o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Laucídio Coelho Neto, disse que os criadores também deveriam ser indenizados pelo lucro cessante. O grupo interministerial, representado por 12 ministérios, se reúne hoje às 14 horas, em Brasília (DF) para um balanço de ações desenvolvidas. Gabriel garantiu que não faltarão recursos para combater a febre aftosa. Medida Provisória determinou a liberação de R$ 33 milhões, dos quais R$ 10 milhões para indenizações ao Mato Grosso do Sul, outros R$ 10 milhões estão reservados ao Paraná, onde a doença ainda está sob suspeita, R$ 6 milhões vão auxiliar as famílias dos cinco municípios interditados, outros R$ 6 milhões serão aplicados em ações de defesa na fronteira e R$ 1 milhão são reservados a ações adicionais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)