Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/04/2008 15:31

MS fica em 3º no ranking de abate de bovinos em 2007

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou nesta quinta-feira (27) um relatório com dados do 4º trimestre de 2007 e do valor total do ano passado. Mato Grosso do Sul alcançou a terceira colocação no ranking nacional de abate de bovinos, com quase 3,8 milhões de animais.

Segundo os dados do IBGE, no País, no 4º trimestre de 2007, foram abatidas 7,2 milhões de cabeças de bovinos, representando reduções de 7,5% e 4,9% do volume abatido em relação ao 4º trimestre de 2006 e ao 3º trimestre de 2007, respectivamente. As maiores reduções de abate ocorreram em novilhas (24,9%) e novilhos (14,9%). A categoria das vacas também teve queda significativa no abate (16,1%).

Os pesquisadores do IBGE analisam que estes dados confirmam a tendência de redução do crescimento do abate de matrizes observada a partir de 2004, acentuando-se em 2005, que somada à redução do abate de animais jovens e o aumento dos preços do bezerro pode significar o fim de um ciclo pecuário e o início da reposição dos rebanhos.

O elevado crescimento do abate de vacas de 2002 a 2004 reduziu a capacidade de reposição do rebanho, o que pode explicar a situação atual de preços elevados e reduzida oferta de bezerros.

Dentre os principais estados em abate de bovinos no 4º trimestre de 2007 foram: Mato Grosso, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Em novembro, segundo a Instrução Normativa n.º 53, dezessete estados brasileiros passam a enquadrarem-se na área livre de febre aftosa com vacinação, inclusive Mato Grosso do Sul. No entanto, a identificação de um ou mais casos da doença implica na suspensão da classificação por determinado período de tempo. Santa Catarina é o único estado classificado como livre de febre aftosa sem vacinação.

Com relação ao abate de frangos, o Estado respondeu por 125,86 milhões de aves, ocupando o 7º lugar no ranking nacional. Já a produção estadual de ovos, fechou o ano em 27,39 mil dúzias do produto.

A produção sul-mato-grossense de suínos, durante os doze meses do ano passado, foi de 783,7 mil animais, posicionando o Estado em 8º entre os maiores produtores nacionais. Em Mato Grosso do Sul, os produtores de leite foram responsáveis pela industrialização de 224,93 mil litros durante o ano. O preço médio da tonelada de leite in natura no ano de 2007 foi de US$ 1.266, contra US$ 1.172 no ano de 2006.




Assomasul

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)