Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/08/2007 07:24

MPE recorre contra decisão do TRE-MS para cassar Rigo

TSE

O Ministério Público Eleitoral entrou com Recurso Especial (Respe 28319) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o qual pede a cassação do deputado estadual Ary Rigo (PDT-MS), por ter arrecadado e gasto, supostamente, recursos de maneira ilícita em sua campanha eleitoral em 2006. O relator do processo é o ministro Caputo Bastos (foto).

O procurador regional eleitoral Blal Yassine, que assina o pedido, pede a reforma da decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul (TRE-MS) por considerar que houve provas suficientes no processo – como uma gravação de interceptação telefônica autorizada pela Justiça – capazes de confirmar a doação de R$ 40 mil do empresário Hyran Garcete ao deputado Ary Rigo. Esses valores não teriam transitado na conta bancária de campanha aberta em seu nome.

Também se alega que estes recursos não foram contabilizados na prestação de contas de Ary Rigo, pois não houve a emissão de recibo eleitoral. Essa prática, segundo o procurador, violaria a Lei das Eleições (artigos 22, caput, e § 3º, e 23, § 2º da Lei 9.504/97).

Na decisão proferida pelo TRE-MS, da qual agora se recorre, prevaleceu a tese de que não se pode aceitar a prova produzida em processo criminal e, por unanimidade, o Plenário considerou que houve ocorrência de mero erro material na prestação de contas mencionada, o que não ensejaria a configuração de qualquer ilícito, razão pela qual foi julgada improcedente a representação ajuizada pelo Ministério Público.

Bola de Fogo

O empresário Hyran Garcete responde a uma Ação Penal perante a 3ª Vara da Justiça Federal em Campo Grande (MS) na qual foram denunciados os membros de uma organização criminosa, desmantelada por força da Operação “Bola de Fogo”, levada a cabo pela Polícia e Ministério Público Federais. Ele é acusado de ser um dos chefões da quadrilha que se dedicava, dentre outros crimes, à lavagem de dinheiro e ao contrabando de cigarros provenientes, em grande parte, do Paraguai. Para ajudar nas investigações, foi autorizada a interceptação telefônica, por ordem judicial, de vários aparelhos de suspeitos de envolvimento nos crimes.

AM/GA


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)