Cassilândia, Sábado, 26 de Maio de 2018

Últimas Notícias

25/11/2007 09:14

MPE quer cumprimento imediato da cassação de Pedro Henry

24horasnews

A procuradora regional eleitoral substituta Léa Batista de Oliveira pediu ao Tribunal Regional Eleitral o cumprimento imediato da decisão de cassação dos deputados Pedro Henry (PP) e Chica Nunes (PSDB). Mas, om o posicionamento da defesa dos deputados para que fosse aguardado os recursos, o desembargador José Silvério optou por proferir alguma decisão somente após a publicação do acórdão no prazo de três dias.

Caso não consigam suspender a decisão do TRE, os lugares de Pedro Henry, na Câmara Federal, e Chica Nunes, na Assembléia Legislativa, serão ocupados, respectivamente, pelos suplentes Chico Daltro (PP), atual secretário de Ciência e Tecnologia do Governo Maggi; e Carlos Nascimento (PSDB), que ocupa o cargo de secretário Municipal de Educação em Cuiabá.

Pedro Henry é o segundo deputado federal cassado pelo TRE. O primeiro foi Rogério Silva, eleito em 2002. Com a decisão tomada na quinta-feira Pedro Henry e Chica Nunes são os primeiros parlamentares eleitos em 2006 a terem o mandato cassados.

Henry e Chica Nunes tiveram seus diplomas cassados por representação ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral com base a denúncia de prática de compra de voto nas eleições de 2006. Eles foram enquadrados no artigo 41-A da Lei 9.504/97. A acusação foi originada por meio de denúncia à ouvidoria do Tribunal em que uma servidora do posto de saúde do bairro Pedra 90 estava fazendo doações de remédios e cobertores em troca de voto para os parlamentares.

Embasado no voto condutor da decisão final do pleno proferido pelo juiz José Zuquim, o desembargador José Silvéro disse que para a cassação com base no 41-A basta a comprovação dos benefícios recebidos pelos eleitores, não necesssariamente se praticado diretamente pelo candidato. Silvério foi quem deu o voto de desempate.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)