Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/03/2015 07:00

MPE quer criar grupo especial para fiscalizar ações da PM e Polícia Civil

Campo Grande News

O MPE (Ministério Público Estadual) irá acompanhar mais de perto a atividade policial por meio da criação do Gacep (Grupo de Atuação Especial de Controle Externo da Atividade Policial).

Com estrutura semelhante a do Gaeco, especializado no combate ao crime organizado, a corporação foi oficializada nesta quinta-feira (19), mas ainda não tem um promotor de justiça para chefiar os trabalhos. A nomeação deve ser feita nos próximos dias e depende de aprovação do Conselho Superior do órgão.

Conforme a assessoria de imprensa do Ministério Público, os agentes devem agir com o objetivo de adequar e manter a regularidade dos procedimentos exercidos tanto pela PM (Polícia Militar) como pela Polícia Civil, também podendo, entre outras coisas, fixar diretrizes para a política criminal e fazer trabalhos voltados à prevenção da criminalidade.

Também é permitido ao Gacep investigar qualquer tipo de conduta policial ilícita ou omissiva, pedir às autoridades competentes que tomem medidas para sanar as irregularidades, fiscalizar o cumprimento de quebras de sigilo e de mandados expedidos pela Justiça.

Será garantido aos integrantes do grupo o livre acesso a toda e qualquer unidade policial dentro da jurisdição deles, bem como presídios ou quartéis. Dentro dos trabalhos, os promotores e suas equipes poderão pedir documentos que julgarem necessários.

Para a criação do Gacep, ainda conforme a assessoria de imprensa do MPE, foi considerada, além de determinações superiores do órgão, a necessidade de reduzir os riscos de personalização dos promotores nas ações judiciais e extrajudiciais, além de aproximar as forças policiais com trabalhos de inteligência voltados ao combate da criminalidade.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)