Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/08/2008 15:52

Ministra do STF mantém pai e madrasta de Isabella presos

A ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Ellen Gracie indeferiu nesta terça-feira, 5, o pedido de habeas-corpus impetrado em favor do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá. Acusados de assassinar a menina Isabella, filha de Alexandre e enteada de Anna Carolina, eles continuarão detidos em presídios em Tremembé, em São Paulo. O habeas-corpus ainda será julgado em definitivo pela Segunda Turma do STF.

A ministra Ellen Gracie aplicou ao caso uma súmula que impede o STF de julgar habeas-corpus contra liminar de tribunal superior. "No caso, não vislumbro a presença dos pressupostos que autorizam o afastamento da orientação contida na Súmula 691, do STF, sob pena de supressão de instância", disse.

Segundo a ministra, a decisão do ministro Napoleão Nunes Maia Filho, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), que indeferiu o pedido de liminar para o casal está devidamente fundamentada, "apontando as razões de convencimento do relator, no sentido da existência dos pressupostos que autorizam a manutenção da prisão cautelar".

A ministra ressalta em sua decisão que não há, na decisão do STJ, "flagrante ilegalidade ou abuso de poder", motivos que permitiriam a superação da Súmula 691.

O casal está preso preventivamente por ordem da 2.ª Vara do Tribunal do Júri da capital de São Paulo. O habeas-corpus chegou ao STF no último dia 14 de julho. Nele, a defesa de Nardoni e Jatobá também alega que a decisão judicial que recebeu a denúncia deve ser anulada.







Estadão/JP

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)