Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

25/05/2016 12:30

Milho começa a ser colhido em junho, mas clima pode atrasar safrinha

Campo Grande News

A colheita do milho safrinha em Mato Grosso do Sul começa a partir da segunda quinzena de junho. Como o grão depende do clima para seu desenvolvimento adequado e cerca de 40% da produção foi plantada fora do tempo indicado, a colheita poderá se alongar significativamente.

As informações são do presidente da Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja) Christiano Bortolotto. "O milho é bem diferente da soja e depende do clima para definir o final do ciclo. Acreditamos que a partir do dia 15 de junho, ele já começa a ser colhido e as chuvas são boas para a cultura, pois ajudam a encher o grão", afirma.

A janela indicada do plantio era até 10 de março, mas com o atraso da colheita da soja devido as chuvas constantes na época e estradas vicinais prejudicadas, atrasou o plantio do milho safrinha.

"Quando se planta fora do tempo indicado, os produtores correm mais risco da safrinha sofrer com geadas. Até o momento, tivemos geadas leves, principalmente na região Sul de Mato Grosso do Sul, mas nada que prejudique a produção", explica.

Conforme Bortolotto, apenas 60% do milho no Estado foi plantado dentro do tempo indicado. "Os outros 40% podem ser prejudicados se tiver geada e com isso com certeza a produção será afetada, pois mesmo que o milho já esteja pronto para colher, quando as folhas congelam tem muito dano, porque a planta não faz fotossíntese e não aproveita os nutrientes".

Só será possível saber se houve quebra de safra, quando os produtores terminarem a colheita. "A partir de agora, sabemos que as chuvas diminuem e a preocupação dos produtores são com com o frio e possíveis geadas", alega.

Para este ano, segundo a Aprosoja, 59 mil hectares de milho safrinha não foram plantados. São 1,740 milhão hectares de área plantada, o que resultou em acréscimo de apenas 0,6% na área total. A produtividade prevista é de 82 sacas por hectare.

Apesar dessa ampliação na área plantada, a projeção é que, no comparativo com o ciclo anterior, haja redução de 7,13% na produtividade, o que leva a uma queda de 6,6% na produção total de milho nesta 2ª safra em Mato Grosso do Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)