Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

19/03/2006 19:40

Meninas se prostituem por R$ 1,99 no Paraná

Dourados News

Reportagem do jornal O Globo mostra que o município de Paranaguá (PR) possui locais onde meninas de 11 e 12 anos se prostituem por R$ 1,99. A cidade abriga um dos maiores portos do País. "Na verdade, há meninas aqui que, por causa do crack, fazem sexo por qualquer dinheiro, R$ 2, R$ 3", diz J., 17 anos.

Só nos primeiros 74 dias de 2006, o programa social Sentinela registrou 23 casos de exploração sexual comercial infanto-juvenil. Ou seja, média de um caso a cada três dias para um município de 140 mil habitantes e com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) acima da Região Sul, diz o jornal carioca. Um posto de combustíveis no entroncamento da BR-277 com a estrada que leva ao pátio de descarga do porto é o principal ponto de exploração sexual na cidade.

Considerado modelo em Paranaguá, o projeto Sentinela sobrevive com apenas R$ 13 mil mensais enviados pelo governo federal e uma contrapartida de 25% da prefeitura, informa a reportagem. Para a psicóloga do programa, Gabriela Borba, a exploração sexual de meninas e jovens é encarada com normalidade. "Aqui é uma questão quase cultural porque já vem de várias gerações", diz Gabriela.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Agosto de 2017
Domingo, 20 de Agosto de 2017
10:00
Receita do dia
09:50
Três Lagoas
Sábado, 19 de Agosto de 2017
20:38
Para o fim de semana
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)