Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/05/2005 08:57

Menina nasce com seis anos de diferença do irmão gêmeo

Giseli Marchiote /Riopretonews

A pedagoga Alessandra Câmara Silveira, 32 anos, deu a luz no último sábado em São José do Rio Preto a uma menina chamada Alissa, irmã gêmea de João Marcelo, 6 anos mais velho que ela.

O fato aconteceu, pois, em 1998 a pedagoga procurou uma clínica especializada em reprodução humana assistida em Ribeirão Preto e se submeteu a uma fertilização in vitro. Na ocasião ela engravidou de João Marcelo, primeiro filho do casal. Outros 10 óvulos fecundados ficaram na clínica, congelados em um tanque de nitrogênio líquido a 190 graus centígrados negativos.

O ginecologista do Centro de Reprodução Humana de Rio Preto, Edilberto Araújo Filho, explica que o fato dos óvulos que geraram as crianças terem sido fecundados no mesmo ciclo os torna gêmeos fraternos ou não idênticos. “Eles são gêmeos porque os óvulos foram fecundados no mesmo dia. A diferença é que o segundo embrião foi implantado no útero da mãe seis anos depois”, diz.

Com a decisão de Alessandra de engravidar, dois embriões foram descongelados e implantados em seu útero, um deles continuou a se dividir e o outro, que não seguiu o processo de divisão, foi absorvido pelo organismo. As chances de uma gravidez através de embriões congelados eram de 25 a 30%, informou o médico, que também realizou o parto de Alissa. Araújo Filho considera a gravidez da pedagoga um sucesso e afirma que Alessandra teve muita sorte, pois, engravidou na primeira tentativa, nas duas vezes.

A decisão do casal de ter um segundo filho partiu depois que João Marcelo pediu no ano passado uma irmãzinha. “Nossa intenção sempre foi de ter dois filhos e depois do pedido do João decidimos tentar, mas não esperávamos que viesse uma menina”, conta Alessandra.

O nome da menina, que pesa 2,6 quilos e mede 47 centímetros, foi escolhido pelo próprio irmão, que não cansa de encher Alissa de carinhos. “Somos muito abençoados. Nosso sonho foi realizado nos dois sentidos”, diz emocionada a mãe.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)