Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/01/2006 06:37

Medida federal beneficia mais de 1milhão de aposentados

Laureane Schimidt/Campo Grande News

O governo federal anunciou nesta semana medida que irá beneficiar, de imediato, 1,47 milhão de aposentados e pensionistas, além de economizar para os cofres públicos em torno de R$ 100 milhões com gastos de honorários advocatícios e juros. Uma portaria do Ministério da Previdência Social, publicada no dia 26 no Diário Oficial da União, orienta os procuradores do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) a não mais recorrerem das decisões judiciais referentes à ORTN/OTN (Obrigação Reajustável do Tesouro Nacional/Obrigação do Tesouro Nacional) nos casos em que a Justiça já tiver dado ganho de causa a aposentados e pensionistas do INSS. Além de beneficiar a categoria, a decisão do governo irá reduzir o acúmulo de processos judiciais em que a União era sempre obrigada a recorrer.
A opção de não mais recorrer a este tipo de ação surgiu no final do ano passado, após encontro entre a Secretaria de Reforma do judiciário, do Ministério da Justiça, a Procuradoria do INSS e a Associação dos Juizes Federais, quando foram discutidas medidas para acelerar o sistema processual brasileiro. Ao todo, foram sete sugestões para agilizar o andamento dos processos e evitar que o governo recorresse de questões já decididas pelos tribunais.
ORTN/OTN - Os beneficiados com essa determinação são os segurados do INSS que se aposentaram por idade, por tempo de serviço ou que receberam abono de permanência em serviço, posteriormente transformado em aposentadoria, entre 21 de junho de 1977 e 4 de outubro de 1988. Nesse período, a Previdência Social definiu índices diferentes da variação da ORTN ou OTN para cálculo dos salários de contribuição.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)