Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/10/2005 07:08

MEC deve apresentar proposta de reajuste a professores

ABr

O Ministério da Educação (MEC) deve formalizar hoje (24) proposta de reajuste aos professores que trabalham nos centros federais de Educação Tecnológica (Cefets), escolas agrotécnicas federais (EAFs), Colégio Pedro II (Rio de Janeiro) e Escola Militar (Porto Alegre). São 25 mil professores que atuam no ensino fundamental e médio e na educação
técnico-profissional.

De acordo com o secretário executivo adjunto do MEC, Ronaldo Teixeira da Silva, o governo autorizou uma proposta de reajuste com recursos que somam R$ 75,4 milhões. Esse orçamento
permite aumento de 50% na titulação dos professores, o que resultará em impacto de R$ 36 milhões, e R$ 39 milhões seriam destinados à criação da classe especial.

Na próxima quarta-feira (26), o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica e Profissional (Sinasefe) voltará ao MEC para responder à proposta do governo. O coordenador-geral do sindicato, William Carvalho, já adiantou que os R$ 75,4 milhões são insuficientes para contemplar as reivindicações da categoria. Ele argumenta que os recursos para a criação da classe especial - R$ 39 milhões - já estavam pactuados com o governo federal desde 2003 e foram reafirmados em 2004 e não deveriam fazer parte do montante que está em negociação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)