Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/09/2006 20:34

Marinha encerra vistoria no interior de navio naufragado

Marcelo Fernandes, do Corumbá Online

O Comando do 6º Distrito Naval, da Marinha do Brasil, encerrou nesta quarta-feira, 06 de setembro, a vistoria no interior da embarcação boliviana “Suarez Arana”, naufragada no rio Paraguai. Das oito pessoas desaparecidas, duas ainda não foram encontradas pela operação de resgate.

A partir de agora, as buscas aos desaparecidos – aspirante Saul Ramos Martinez e o sargento Enrique Samo Mamani – serão realizadas ao redor da embarcação e na superfície do rio, alguns quilômetros abaixo do local do acidente, numa ação que vai atingir as duas margens. A Marinha manterá na área o efetivo de 35 homens; o navio-patrulha “Penedo”, com os mergulhadores e uma lancha de apoio. Em cinco dias de trabalho, seis corpos foram resgatados: capitão-de-fragata Jimmy Mijario Vicomo; marinheiros Ramiro Mamani Sorio e Dionício Champi e dos tripulantes civis, Fausto e Walter Borda Pereyra e Sabina Limachi.

A retirada do barco, do fundo do leito do canal de navegação do rio Paraguai será providenciada pela Armada Naval da Bolívia, que prepara um plano de reflutuação da embarcação para apreciação da Marinha brasileira. Segundo informou o Comando do 6º Distrito Naval, o navio afundado precisa ser resgatado “o mais inteiro possível” e, ainda não há previsão para que isso ocorra.

O naufrágio aconteceu na noite da sexta-feira, 1º de setembro, na região da Baía de Albuquerque, em Corumbá. Com 22 tripulantes a bordo, os militares bolivianos seguiam para Porto Busch, na Bolívia. 14 pessoas sobreviveram. O “Suarez Arana” mede 21 metros de comprimento; 4,80m de largura e 7 metros de altura, e está naufragado a 70 metros da margem esquerda do rio Paraguai. Não é permitido o tráfego de embarcações próximo ao local.

Alta – As vítimas que estavam internadas no Hospital Naval de Ladário – o aspirante Fernando Peranta Belzu, 27 anos; o sargento Reinaldo Mamani Maita, 23, e o sub-oficial Sebastião Delgado Medina, 44 anos – tiveram alta na terça-feira, dia 05, e passaram aos cuidados da Marinha boliviana.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)