Cassilândia, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

18/01/2014 13:45

Marca do produto pode encarecer material escolar

FolhaPress

Os pais que, diante dos apelos dos filhos, decidirem comprar produtos de marca e com funcionalidades diferenciadas e muitas vezes não usadas pelas crianças podem ver a conta ficar em torno de R$ 1.156 mais cara.

O balanço foi feito pelo comparador de preços e produtos Zoom com base na lista de materiais escolares avaliada pelo Procon. O levantamento foi realizado no dia 10 de janeiro.

Segundo o Zoom, a soma dos itens básicos da lista pode variar até 802% de R$ 164,71 para R$ 1.320,71 dependendo do produto escolhido.

Um caderno, por exemplo, pode sair por R$ 7,90 (o modelo simples em espiral com 200 folhas) ou por R$ 72,81 (modelo com fechamento com elástico).

Outro item que pode sair mais barato é a mochila. Enquanto um modelo mais sofisticado e de marca pode custar R$ 379,90, uma mochila simples é encontrada por R$ 14,89.

Quem quiser pagar menos deve pesquisar e negociar com os filhos uma troca pelo modelo mais em conta.

"As pessoas costumam não comparar preços de itens de menor valor, como lápis, canetas, lapiseira, cola e borracha porque acham que os preços são sempre os mesmos. Basta pesquisar um pouco na internet para perceber o quanto isso pode fazer a diferença no orçamento final", afirma Thiago Flores, diretor de operações do Zoom.

"Outro aspecto importante que deve ser considerado na hora de comprar pela internet é adquirir a maior quantidade de itens possível na mesma loja para que o valor do frete não seja superior à economia feita", explica.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 15 de Dezembro de 2018
Sexta, 14 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
06:57
Cassilândia
Quinta, 13 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)