Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/06/2008 07:51

Manoel Afonso e as eleições: Adversário não se escolhe

Manoel Afonso

“O futuro é o que ousamos”.(C. Lacerda)

Eleição não é casamento onde você escolhe a noiva. Não é como ir ao cinema, com direito a ver o filme do seu agrado. Não é como ir a sorveteria e escolher o sabor. Não é igual ir ao baile e dançar só a música preferida. Não tem disso não! Eleição é pedreira; é como disputar a Copa do Mundo: tem é que acreditar no seu potencial e ir em frente com coragem e determinação. Aliás, todas as seleções do Brasil que queriam desviar dos adversários mais perigosos tombaram no meio do caminho.
Coragem – (burrice e loucura não!) - é um ingrediente indispensável ao político que se propõe a disputar qualquer eleição, mesmo naquela cidade escondidinha no mapa. Se ele é candidato, presume-se que tenha algumas qualidades inerentes a figura de qualquer líder ou pretendente. Pode até não ter cultura, carisma ou habilidade – isso não importa - mas certamente há que ter coragem para enfrentar o “campo minado” da campanha eleitoral.
Dois pensamentos de ilustres brasileiros que se encaixam perfeitamente no texto. O primeiro é de Carlos Lacerda quando diz: “O futuro não é o que tememos. É o que ousamos.” O segundo é do grande Rui Barbosa: “maior que a tristeza de não haver vencido, é a vergonha de não ter lutado.” Lacerda foi combativo, sonhava em disputar a presidência da República, mas foi cassado e morreu antes de ter a chance. Rui disputou a presidência por duas vezes e mesmo perdendo não perdeu ou mudou o estilo combativo.
Nesta época de convenções partidárias, a intenção é mostrar aos candidatos a importância da participação deles no processo político, que acaba inclusive aperfeiçoando o sistema democrático, além é claro de oportunizar a participação de cada um no processo eleitoral. Todos querem ganhar, mas alguém terá que perder. Quem vencer terá que se conscientizar que não é unanimidade. Daí a importância da disputa, do embate, ainda contra as pesquisas, algumas corretas, outras manipuladas. Aos favoritos juízo! Aos concorrentes, coragem! Vocês são importantes no contexto democrático. O exemplo que vem do africano Zimbábue,é desastroso. Não podemos ter um “Mugabe” em cada município.


Manoel Afonso

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)