Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/03/2004 09:00

Maioridade penal volta a ser discutida na Câmara

Agência Câmara

O grupo de trabalho que estuda mudanças no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) reúne-se nesta quarta-feira (17), às 14h30, no plenário 15, para rever o cronograma de trabalho.
O ECA já tem 13 anos, mas muitos de seus dispositivos ainda não foram implantados. Só na Câmara, tramitam mais de 100 projetos sugerindo alterações na lei. O grupo de trabalho vai reunir todas as sugestões em apenas um texto.
Entre as propostas em estudo, a mais polêmica pretende reduzir para 16 anos a maioridade penal, atualmente fixada em 18 anos. Outras sugestões criam penas mais severas para crimes como o de pedofilia na Internet e fornecimento de armas e drogas a crianças e adolescentes; e aumentam de 14 para 16 anos a idade mínima para ingresso no mercado de trabalho.

Avaliação do menor
Defensor da redução da maioridade penal, o deputado Alberto Fraga (PTB-DF) propõe que o menor infrator seja avaliado por uma junta médica. Se o laudo indicar que o adolescente tem consciência do crime, receberia penas mais duras independentemente da idade. Para ele, esse sistema ajudaria a reduzir a participação de menores em atividades criminosas.
O tema é polêmico. O deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG) afirma que a solução não é alterar a maioridade penal, mas recuperar os centros de reeducação de menores infratores. "O que nós precisamos é da privação da liberdade com propostas educativas".
Para o relator do grupo de trabalho, deputado Vicente Cascione (PTB-SP), a redução da maioridade penal é inconstitucional. Ele propõe o aumento do tempo de internação dos menores.

Reportagem - Patrícia Gonçalves

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)