Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/04/2006 13:36

Lula diz que não haverá discórdia com Evo Morales

Carolina Pimentel ; ABr

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje (28) que não irá entrar em discórdia com o colega boliviano, Evo Morales. A Bolívia tem pressionado as empresas petrolíferas que estão no país a pagarem mais impostos, incluindo a brasileira Petrobras.

"Eu não quero é que o Brasil perca agora, eu não quero que o Brasil tenha nenhum problema nesse mar de tranqüilidade que estamos vivendo", disse Lula depois de visitar o Feirão da Casa Própria, realizado pela Caixa Econômica Federal, na capital paulista.

"Até agora, estou terminando o meu mandato, e não briguei com ninguém. Quando eu tomei posse diziam que eu ia brigar com os Estados Unidos. Eu nunca briguei com os Estados Unidos, temos uma relação extraordinária. Por que eu iria brigar com o Evo Morales? Porque eu iria brigar com o Kirchner ( presidente argentino)? Por que eu iria brigar com o Chávez ( presidente venezuelano)? Se existem divergências, temos que sentar numa mesa e fazer acordo. É assim que nós vamos resolver o problema", acrescentou.

Ele afirmou compreender a postura dura de Morales em defender seu país. "A Bolívia vive uma situação de pobreza muito grande, é justo que o presidente da Bolívia defenda os interesses de melhorar a qualidade de vida do seu povo".

Lula disse que pretende se reunir com Morales para chegar a um acordo e informou que empresários, a Petrobras e o próprio presidente boliviano ainda não o procuraram para debater o assunto. "Na hora em que as pessoas procurarem, nós vamos sentar e podem ficar certos que será resolvido porque na minha mesa não fica uma pendência por muito tempo, sobretudo quando se trata de fazer acordo".

Sobre o gasoduto que ligará Brasil, Argentina e Venezuela, Lula disse que a obra será "o projeto do século" e destacou que a Bolívia e outros países devem participar da iniciativa. "A Bolívia tem que participar porque é fornecedora de gás, como a Venezuela".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)