Cassilândia, Domingo, 22 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

13/05/2008 07:58

Lula: diárias no governo para "acabar com a sacanagem"

Carolina Pimentel/ABr

Brasília - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem (12) que pretende estipular o pagamento de diárias no governo federal para "acabar com a sacanagem".

"Estou vendo aqui o companheiro Mariano Palma, companheiro do Conselho Fiscal, que brigava tanto para as notas do sindicato estarem em dia. Brigava tanto que me obrigou a instituir a diária no sindicato. Coisa que eu quero fazer no governo federal para acabar logo com a sacanagem", disse no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), durante comemoração dos 30 anos da greve da montadora Scania.

O governo estuda implantar diárias para os ministros em viagens, a fim de substituir os cartões corporativos. Em março deste ano, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse que as diárias podem ficar entre R$ 400 e R$ 450.

No evento, Lula também comparou as greves de trabalhadores realizadas hoje às da época da ditadura militar. “Hoje é muito fácil a gente discutir isso. Mas naquela época era um tempo muito nervoso”, disse, recordando a repressão policial e a dificuldade de fechar acordos com os patrões. E ressaltando que hoje os sindicalistas são recebidos dentro da empresa para negociar.

Iniciada em 1978, a greve dos trabalhadores da Scania foi a primeira realizada após dez anos da promulgação do AI-5, que suspendeu a possibilidade de qualquer reunião de cunho político e recrudesceu a censura, entre outras medidas que deram poderes absolutos ao regime militar. Saiba mais.

Para o presidente, a realidade dos sindicalistas do ABC paulista não é a mesma de sindicalistas de outros estados. “Quando chego na empresa e vejo aquele jornaliznho transitar na linha de montagem, vejo a comissão da fábrica com poder de resolver os problemas internos. Isso são conquistas históricas que o Brasil inteiro ainda não teve”, disse.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Janeiro de 2017
Sábado, 21 de Janeiro de 2017
20:55
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Sexta, 20 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)