Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/05/2004 15:13

Licitação de presídio federal fica paralisada até julho

Sandra Luz e Ângela Kempfer / Campo Gande News
Cassilândia NewsCassilândia News

A desembargadora do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), Marli Ferreira, que visitou hoje a área destinada pela Prefeitura de Campo Grande para a construção de presídio federal condicionou a licitação da obra ao fim do processo licitatório organizado pelo poder municipal para dar destinação ao lixo produzido pela cidade através de usina de tratamento de resíduos. A área destinada à obra fica próxima ao lixão da Capital, local que deve ser extinto, segundo a desembargadora, antes da edificação do presídio.
A desembargadora chegou dar 6 meses de prazo para que a Prefeitura resolvesse a questão e, nesse período a licitação do presídio ficaria interrompida. Porém, ao ser informada por representantes locais do MPF (Ministério Público Federal) de que desde 1999 a Prefeitura já recebeu determinação para resolver a questão do lixão, a desembargadora fixou data limite de 30 de julho para que o poder municipal conclua a licitação da usina que vai aproveitar os resíduos para geração de energia.
Somente após esse prazo, conforme determinação de Marli Ferreira, a União vai dar andamento á licitação do presídio, cujo edital foi comprado por 26 empresas.
Após visita ao lixão da Capital, a desembargadora criticou a Prefeitura pelo problema e o classificou como inadmissível para uma cidade do porte de Campo Grande. “Uma vergonha”, criticou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)