Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/10/2004 13:03

Levantamento educacional abrange assentamentos de MS

Inara Silva / Campo Grande News

A partir do dia 5 de novembro, começa a Pesquisa Nacional de Educação da Reforma Agrária nos 109 assentamentos de Mato Grosso do Sul. A medida é resultado de parceria entre o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) e o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), do Ministério da Educação. Segundo a assessoria de imprensa do Incra-MS, o objetivo do censo é produzir informações que subsidiem a elaboração de políticas públicas de ensino do campo já existentes nas cidades. No Estado, nos 109 assentamentos oficializados vivem cerca de 16 mil pessoas. No entanto, conforme a assessoria, no levantamento o Inep vai entrevistar uma amostra de 10% dos moradores de cada comunidade.
Conforme a coordenação do Pronera (Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária) do Incra, a intenção é identificar as demandas no âmbito educacional. Uma parte da pesquisa vai avaliar quantas escolas existem nos assentamentos, os níveis (graus) ofertados, a formação dos educadores, as condições de infra- estrutura física, a localização das instituições e as condições de acesso. Uma outra parte da análise vai apurar a demanda por políticas educacionais nos assentamentos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)