Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Últimas Notícias

26/11/2008 15:08

Leilão de jóias em Campo Grande, da Caixa

assessoria

No próximo dia 09/12, a Caixa Econômica Federal realizará leilão de jóias de contratos de penhor vencidos há mais de 30 dias emitidos pelas três agências de penhor de Campo Grande. O leilão, último do ano na capital, será realizado na Agência Centro Campo Grande, na Rua treze de maio, 2837 - Centro.



Serão ofertados pelo maior lance 972 lotes de contratos vencidos contendo jóias em metais nobres e pedras preciosas de diversos tipos como anéis, brincos, pulseiras, pingentes, colares de pérolas e relógios. O menor lote disponível tem lance mínimo de R$ 63,00 e é composto por um colar e um pendente de ouro. Já o maior lote tem lance mínimo de R$ 12.050,00 e é composto por cinco anéis, cinqüenta e nove colares, seis pendentes, quatro pulseiras de ouro, diamantes e pérola cultivada.



Para participar do leilão, bastam a identificação e o cadastramento em agência da CAIXA que trabalhe com penhor de jóias mediante a apresentação de original e cópia de documento de identidade, CPF regular perante a Receita Federal e comprovante de endereço.



Vale lembrar que os clientes titulares de contratos vencidos e incluídos no leilão poderão regularizá-los em qualquer agência da CAIXA até o dia 09 de dezembro, durante o horário bancário, garantindo assim a retirada da jóia do leilão.



DESEMPENHO EM 2008



Até outubro de 2008, a linha de penhor da Caixa Econômica Federal realizou empréstimos no Mato Grosso do Sul que totalizaram R$ 90,23 milhões. O montante representa um crescimento de 3,26% em relação ao mesmo período do ano passado, quando fechou o período com R$ 87,38 milhões emprestados.



Como linhas de crédito das mais tradicionais e populares, o penhor e o micropenhor, por suas facilidades de acesso, rapidez e juros baixos, constituem modalidades de financiamento muito atrativas. Para se obter um empréstimo de Penhor basta apresentar documento de identidade, CPF e comprovante de residência, além do bem que servirá de base para a operação, que são, geralmente, jóias em metais nobres, com ou sem pedras preciosas, relógios de alta joalheria e canetas de elevada qualidade e valor.



Os prazos de contratação são de 1 a 180 dias, à escolha do cliente. O limite mínimo é de R$ 50,00 e o máximo de R$ 50 mil. O empréstimo corresponde a 80% do valor de avaliação do bem. A taxa de juros do Penhor é de 2,30% a.m. para a faixa de até R$ 300,00 e 3,08% a.m. para os empréstimos acima desse valor.



Já no Micropenhor, o empréstimo é limitado a R$ 1.000,00, com taxa de juros de 1,93% ao mês e prazo máximo para pagamento de até 180 dias, em múltiplos de 30 dias.



No Mato Grosso do Sul a CAIXA possui sete unidades que operam com empréstimos sob penhor, sendo três em Campo Grande, e uma em Corumbá, Dourados, Ponta Porã e Três Lagoas.



PERFIL DOS TOMADORES



A CAIXA constatou, por meio de entrevistas em todas as regiões do país, que o Penhor de jóias é usado na maioria das vezes para o pagamento de dívidas pessoais (70% dos entrevistados). Quanto à ocupação, os clientes estão divididos em autônomo ou tem seu negócio próprio (33%), funcionário dos setores público e privado (também 33%) e demais (33%), sendo que 78% do total de clientes já utilizaram esse tipo de empréstimo mais de uma vez.



A pesquisa mostrou também que as mulheres são a maioria dos clientes (74%), sendo 55% na faixa etária dos 35 aos 50 anos e que os mais assíduos contratantes do penhor (55%), entre homens e mulheres, estão entre os 30 e 50 anos de idade, tendo renda média mensal familiar entre cinco e vinte salários mínimos (51% dos entrevistados).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)