Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

30/08/2012 07:32

Leilão de faixa de 700 mega-hertz vai incluir obrigações para empresas

Sabrina Craide, Agência Brasil

Brasília - O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse hoje (29) que o leilão da faixa de 700 mega-hertz (MHz), que deve ser realizado no ano que vem, vai priorizar obrigações às empresas e não a arrecadação de recursos. A faixa deverá ser usada para oferecer serviço de telefonia móvel de quarta geração (4G).

“A nossa opção é parecida com o que fizemos no leilão e 2,5 giga-hertz [GHz], quando colocamos a exigências de internet rural, fazer 3G onde falta fazer e demos prazos para as empresas. Colocamos um monte de obrigações e as empresas pagaram menos”, disse, ao chegar para a abertura da 56ª edição do Painel Telebrasil, realizado pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil). O leilão de 2,5 GHz foi realizado em junho pela Anatel e arrecadou R$ 2,93 bilhões.

O ministro disse que, antes de fechar o modelo de licitação, é preciso conversar com a área econômica do governo. A faixa de 700 MHz está atualmente ocupada pelas emissoras de televisão analógica e a licitação depende da digitalização das TVs. “Não vamos ocupar a faixa com banda larga sem resolver o problema da digitalização. Temos que fazer um plano”, disse o ministro.

Durante a abertura do evento, o presidente da Telebrasil, Antonio Carlos Valente, comemorou a decisão do governo de licitar a faixa no ano que vem e pediu que o leilão ocorra ainda no primeiro semestre. “Esse pode ser o grande projeto de integração entre os setores de telecomunicação e radiodifusão, que pode trazer benefícios para toda a sociedade”.

Edição: Fábio Massalli

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)