Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/07/2007 10:04

Leia Amplavisão, por Manoel Afonso

Manoel Afonso

FIM DE FESTA Claro, há muita gente chiando no Detran! O diretor Santos Pereira acabou com alguns nichos que privilegiariam empresas. O escândalo da “tchurma” do guincho é apenas a pontinha do iceberg.

NA ASSEMBLÉIA A distorção dos novos índices tem provocado comentários. Fala-se em dedos mágicos de padrinhos fortes. O ex-Secretário Paulo Duarte, por exemplo, teria dado aquela força para sua Corumbá.

NÚMEROS Com a tabela dos índices do ICMS em mãos Mochi falava aos repórteres: “Campo Grande vai ganhar mais de R$600 mil reais mensais em 2.008 e Cassilândia, por exemplo, perderá R$60 mil.”

O PREFEITO Nelsinho não aceita a tese que a capital será compensada com o ICMS ecológico. Vai propor uma ADIN contra o projeto aprovado na Assembléia e cobrará maior empenho dos deputados, seus ex-vereadores.

UTOPIA? As famílias da região do Capão Seco sobreviverão com lotes de 9,00 has.?
Para os críticos o aumento da criminalidade e problemas sociais em Sidrolândia é por conta das dificuldades dos seus 20 mil assentados.

VALTER PEREIRA Ocupou a tribuna para abordar a crise em Cassilândia. Quem assistiu diz que a intervenção do senador Mão Santa, presidindo a sessão, teria atrapalhado as colocações do nosso senador.

ANTES TARDE... Criado para ser modelo, o MS. não tem ainda o Código Ambiental. Confesso: não sabia disso. O deputado Youssif é seu responsável e vai apresentá-lo à Assembléia no 2º Semestre. Debates à vista!

BALANÇO Foi bem a Assembléia neste semestre. A pauta recheada; o nível do debate
razoável. Mas faltou sintonia entre o Governador e seus deputados aliados, nem sempre consultados sobre as matérias de sua autoria.

OS NÚMEROS: Apresentados 177 projetos, 83 aprovados, 56 deles ainda em tramitação e foram efetivadas 17 audiências públicas. O importante é que não tivemos projetos bizarros ou ridículos de fazer rir ou chorar.

JERSON avalia como positivo esse primeiro semestre, mas acha que o segundo será ainda mais produtivo. Lembrou que as audiências públicas provaram o interesse da sociedade pelo debate de temas importantes na Casa.

RECLAMAÇÕES neste sentido existem é claro. Alguns deputados acham que André
confundiu Assembléia com a Câmara nesta relação institucional. A previsão que ele, avisado deste descontentamento, mude de postura.

MARATONA Deputados do interior sofrem para atender aos pedidos. A culpa é da burocracia que trava tudo. No itinerário deles, Incra, Sema e Iagro. Mochi reclamava:
“O Iagro parece que foi criado para punir o produtor.”

DA LEITORA: “... R$850,00 de salário não incentiva ninguém. A carência de 250 mil mestres do ensino médio é reflexo disso. É melhor trabalhar na Casa Bahia, onde um vendedor ganha em média R$2.000 mil.”

EXPLICADO Em sua obra “Código da Vida” Saulo Ramos revela: “para implodir a candidatura de Roseane Sarney, FHC instalou em São Luiz uma central de espionagem com escuta a pretexto de combater o narcotráfico”.

CONTA TUDO? Lançado o livro sobre a vida do cel Adib(78). O autor Guimarães Rocha “quis só homenagear o amigo”. E imaginar que o ex-temido coronel acabou cuidando dos direitos humanos da Câmara de Dourados.

CELINA Impressionada com as anotações de Wilson em suas memórias que escreve. Nesta semana, ele marcou presença em evento de tombamento de Loja Maçônica afinada com a Revolução Constitucionalista de 32.

DAGOBERTO Tem cacife para romper com Nelsinho? Alia-se ao PT para tentar a prefeitura da capital? Um deputado estadual irônico, assim definiu: “O Dagoberto é esperto.Vende dificuldades para colher facilidades.”

OBSTINADO? Para alguns sim. Rezende quer chegar a Prefeitura de Dourados e faz aliança até com o diabo. É mais um político sem o menor respeito partidário. Mas, o pessoal do PMDB de Dourados vai engolir isso?

CONCORRÊNCIA O Brasil gera cada vez mais empregos lá fora. A China agradece! A decisão de facilitar a vida dos camelôs prova isso. Com tantos impostos as empresas fecham as portas e passam a importar. Dá mais lucro!

1-FOLCLORE. Quando aquele cidadão nervoso entrou no hospital dizendo: “eu sou senador...eu sou senador”, o médico tirou o estetoscópio do ouvido e quis saber: “fora esse, qual o outro mal o senhor se queixa?”

2-FOLCLORE Festa na casa de Fahd Jamil, nos tempos da Ditadura. Um general indaga ao Levy Dias: “Qual é o forte dessa gente? É a pecuária?” O deputado responde: “Olhe general, se o senhor se aprofundar, sai da festa.” E saiu.

VELHO AVISO aos navegantes: A vaga no TJ pela aposentadoria de Pithan será do MP. Há decisão neste sentido. Os interessados devem baixar armas até setembro, quando Sthephanini se aposentará na “compulsória”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)