Cassilândia, Sábado, 24 de Junho de 2017

Últimas Notícias

06/12/2012 21:20

Lei de trânsito no MS é contestada em ação no STF

Nyelder Rodrigues, Campo Grande News

A lei estadual 3.469/2007, que define regras para a fiscalização e notificações de infrações de trânsito, como a possibilidade multar quem está dirigindo e usando celular apenas se o veículo for parado e o condutor identificado, está sendo contestada em ação no STF (Superior Tribunal Federal).

Quem ajuizou a Ação Direta de Inconstitucionalidade foi o procurador-geral da República, Roberto Gurgel. Para ele, como a legislação de trânsito e transporte é de competência federal, a legislação estadual fere o inciso XI, do artigo 22 da Constituição Federal.

Conforme a lei estadual, “os agentes públicos no exercício da função de fiscalização de trânsito, em Mato Grosso do Sul, somente podem efetuar notificação a infrator, nos casos de uso de telefone celular móvel enquanto dirige e de transgressão quanto ao uso de cinto de segurança, com a parada do veículo e identificação do condutor”.

O procurador-geral da República afirma que o legislador sul-mato-grossense, ao tratar de regras para a fiscalização e imposição de notificações por agentes públicos na fiscalização de trânsito, invade a competência da União.

Em vários outros casos semelhantes, o Supremo declarou inconstitucionalidade de normas por invasão da competência da União para tratar sobre trânsito. O processo relativo ao Mato Grosso do Sul está sob a relatoria da ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 24 de Junho de 2017
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)