Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/07/2015 12:55

Justiça isenta Eldorado das responsabilidades trabalhistas de terceirizada

Campo Grande News

A Justiça do Trabalho determinou que a empresa Eldorado Brasil Celulose não tem responsabilidade sobre débitos trabalhistas da empreiteira terceirizada por ela. A divergência surgiu porque a Eldorado contratou empresas do setor de construção civil para construir uma fábrica em Três Lagoas, cidade a 338 quilômetros de Campo Grande, mas a contratada não efetuou todos os pagamentos trabalhistas aos funcionários.

Assim, vários trabalhadores ajuizaram ação contra as empreiteiras responsáveis pela obra, solicitando, entre outros pedidos, a declaração de responsabilidade solidária da Eldorado sobre seus direitos trabalhistas.

A decisão foi tomada pela Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região. Segundo o redator do processo, desembargador Nicanor de Araújo Lima, na espécie de contrato firmado não há qualquer vínculo jurídico entre o dono da obra, que é a Eldorado, e os empregados do empreiteiro.

Regra - Nesse caso, o artigo 455 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) exclui o dono da obra pela obrigação trabalhista, e que deve ser suportada pelo empreiteiro ou subempreiteiro.

Consta nos autos da ação trabalhista que a Segunda Turma reconheceu a responsabilidade da Eldorado e afastou a aplicação de orientação jurisprudencial do TST (Tribunal Superior do Trabalho) sob o fundamento de que a obra contratada pela Eldorado estava essencialmente ligada às questões sociais da empresa.

No entanto, a Primeira Turma entendeu a questão de outra forma e retirou da Eldorado a responsabilidade sobre os empregados da terceirizada.

Explicação - Para isso, usou o argumento de que o contrato da terceirizada não gera responsabilidade à Eldorado quanto às obrigações trabalhistas da contratada, salvo se o dono da obra for empresa construtora ou incorporadora, o que não ocorre em razão da atividade comercial desenvolvida pela Eldorado, que é fabricar e vender celulose.

"Nesses termos, inexiste responsabilidade da empresa Eldorado Brasil Celulose S.A. quanto aos débitos trabalhistas da empresa prestadora de serviço", disse o desembargador.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)