Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

01/08/2012 08:05

Justiça de MS recebe avião do tráfico doado pelo CNJ

Em cerimônia realizada na manhã de segunda-feira (30), no Aeroporto de Brasília, a corregedora Nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, fez a entrega de 16 aeronaves de pequeno porte que serão usadas de forma compartilhada pelo Poder Judiciário e pelas Forças de Segurança Pública dos estados. O juiz auxiliar da presidência, Carlos Alberto Garcete de Almeida, representou o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul no evento. Também estavam presentes na solenidade o presidente do TRE/MS, Des. Josué de Oliveira, e o presidente do TRT/MS, Des. Marcio Vasques Thibau de Almeida.

Com a entrega realizada em Brasília, a Justiça de MS agora conta com uma aeronave para uso institucional dos Tribunais. A doação faz parte do Programa do CNJ chamado Espaço Livre, lançado em fevereiro de 2011, e que tem por objetivo remover dos aeroportos brasileiros as aeronaves que estão sob custódia da Justiça ou que foram apreendidas em processos criminais. O avião apreendido e que foi doado era usado por traficantes de drogas. A aeronave será compartilhada pelo Tribunal de Justiça de MS, Tribunal Regional Eleitoral, Tribunal Regional do Trabalho e Justiça Federal.

Além de MS, os estados contemplados foram Acre, Amazonas, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraná, Piauí, Rondônia e Tocantins. Os estados foram escolhidos devido à sua extensão territorial e às dificuldades de deslocamento enfrentadas pelos magistrados locais.

Auxílio – A ideia, conforme prevê o CNJ, é que as aeronaves, a maioria apreendida pela Justiça por envolvimento no tráfico de drogas, auxilie os juízes e desembargadores no deslocamento entre as comarcas, trazendo mais agilidade e eficiência à Justiça. Os gastos mensais com hangaragem, piloto, combustível e demais custos necessários à manutenção do avião serão repartidos pelos tribunais que utilizarão a aeronave.

Para o juiz auxiliar da presidência, Carlos Garcete, a iniciativa do CNJ propiciará uma destinação útil a essas aeronaves. “Com a gestão compartilhada entre os quatro tribunais, o avião poderá ser usado no exercício das atividades jurisdicionais e eventualmente como ferramenta de proteção a juizes que se encontram sob ameaça”, destacou.

Autoria do Texto:Secretaria de Comunicação Social - imprensa@tjms.jus.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)