Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/06/2006 18:31

Justiça corta salários de vereadores e prefeito

Dourados News


O Ministério Público Estadual de Itaporã conseguiu esta semana a redução dos salários dos 9 vereadores e do prefeito e do vice-prefeito do município. A decisão foi baseada em uma Ação Civil Pública que investiga irregularidades no reajuste determinado pelos vereadores no final do mandato do ex-prefeito Antonio Cordeiro Neto.

De acordo com o promotor Wilson Canci Júnior, os vereadores da antiga legislatura e nem o prefeito da gestão anterior poderiam conceder a majoração salarial, pois o fato fere a Lei de Responsabilidade Fiscal, que proíbe esta prática seis meses antes do encerramento do mandato.

Em dezembro de 2004 os vereadores de Itaporã aumentaram os salários de R$ 1.800 para R$ 2.300 e o prefeito Marcos Pacco passaria a receber R$ 10 mil enquanto Cordeiro recebia a importância de R$ 6 mil por mês. Dos vereadores que votaram pelo reajuste dois ainda permanecem no legislativo e o vice-prefeito Lindomar de Freitas (PT) era vereador na época.

Na manhã de hoje o presidente da Câmara, Givaldo Spessoto Rondina (PMDB), disse que a assessoria jurídica da Câmara já está estudando a decisão.

A liminar foi dada pelo juiz Bonifácio Hugo Raush e ainda cabe recurso. Tanto a Prefeitura como a Câmara já foram informadas da decisão. (Antonio Coca)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)