Cassilândia, Sábado, 19 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

11/02/2009 18:25

Justiça confirma suspensão de vestibular de medicina

Amanda Cieglinski , Agência Brasil

Brasília - O Tribunal Regional Federal do Rio de Janeiro (TRF-RJ) confirmou a suspensão do resultado do vestibular para o curso de medicina da Universidade Iguaçu (Unig), campus Itaperuna, no Rio de Janeiro. Em dezembro o Ministério da Educação (MEC) determinou a suspensão do processo seletivo da Unig por 12 meses ou até que fossem sanadas as deficiências encontradas pela comissão de supervisão do MEC, mas ainda assim a instituição realizou o vestibular.

O Tribunal deu ganho de causa à ação civil pública ajuizada pela Advocacia Geral da União (AGU) para impedir o ingresso de novos alunos no curso, seja por meio de vestibular, transferência ou outros processos seletivos. Segundo o MEC, a Unig tem um dos 17 cursos de medicina que apresentaram conceitos insatisfatórios ao Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e no Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD), mecanismos utilizados para aferir a qualidade dos cursos de graduação.

Procurada pela reportagem da Agência Brasil, a direção da universidade não quis comentar o assunto. Em nota divulgada no site da instituição, o reitor Júlio César da Silva questiona a metodologia do MEC utilizada para medir a qualidade das graduações e reitera que o curso da Unig não é irregular, já que possui autorização do próprio Ministério para funcionar. Segundo a nota, a Unig foi “punida” pelo MEC, mas confia na Justiça para resolver a questão.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 19 de Agosto de 2017
Sexta, 18 de Agosto de 2017
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)