Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/01/2009 07:15

Justiça aceita denúncia contra deputado

Vitor Abdala, ABr

Rio de Janeiro - O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aceitou ontem (12) a denúncia do Ministério Público contra o deputado estadual Jorge Luiz Hauat, o Jorge Babu, acusado de envolvimento com milícias da zona oeste da cidade. Além de Babu, outras oito pessoas foram denunciadas.

Para ser aceita, a denúncia teve que ser julgada pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça fluminense. O julgamento foi iniciado em 27 de novembro de 2008, mas acabou suspenso por causa do pedido de vista do desembargador Nascimento Povoas.

Segundo nota divulgada pelo Tribunal de Justiça, o relator do processo, desembargador Antonio Eduardo Ferreira Duarte, afirmou que escutas telefônicas revelaram que o grupo utilizava um esquema sofisticado. Entre as atividades supostamente exercidas pela milícia estava a cobrança de moradores e comerciantes pelo serviço de segurança ilegal.

Entre os acusados estão o tenente-coronel da Polícia Militar Carlos Jorge Cunha, dois outros policiais militares, um bombeiro e um fuzileiro naval.

Procurado por telefone pela Agência Brasil, o deputado Jorge Babu informou, por intermédio de sua assessoria de imprensa, que não vai comentar a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro de aceitar a denúncia apresentada contra ele pelo Ministério Público.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)