Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/04/2015 18:00

Juiz suspende pagamento e prefeitura cancela show de Michel Teló

Priscilla Peres, Campo Grande News
Cachê do artista custa R$ 200 mil, equivalente a 10% da arrecadação municipal. (Foto: Reprodução/Internet)Cachê do artista custa R$ 200 mil, equivalente a 10% da arrecadação municipal. (Foto: Reprodução/Internet)

Está cancelado o show do cantor Michel Teló na comemoração do aniversário de Eldorado - cidade distante 447 km da Capital. Liminar expedida hoje pela Justiça, a pedido do MPE/MS (Ministério Público do Estado), suspende o pagamento das parcelas do show que custaria R$ 200 mil.

O juiz Roberto Hipólito da Silva Junior, da Comarca de Eldorado, concedeu a liminar onde suspende o pagamento das demais parcelas do contrato n.º 20/2015, celebrado entre o Município de Eldorado e o empresário do cantor. O valor seria pago em três parcelas, sendo a primeira de 30% do valor total, o equivalente a R$ 60 mil.

Há duas semanas, o MPE/MS recomendou que a prefeia Marta Maria de Araújo (PT), cancelasse o contrato e pedisse de volta os R$ 60 mil já pagos. O órgão alega que o valor do show equivale a 10% de tudo o que o município arrecada por mês.

A recomendação ainda levou em consideração a crise econômica vivida pelas prefeituras e disse que o valor do show é incompatível com a situação financeira da cidade, que não tem conseguido arcar com os serviços públicos essenciais.

De acordo com o TJ/MS (Tribunal de Justiça), a prefeitura alegou que pode ser gerado dano ao município. O juiz rebateu dizendo que o MP não pediu a anulação do processo e sim, suspendeu os pagementos das demais parcelas. "A liminar não causou a rescisão do contrato, mas apenas suspendeu seus efeitos".

Ao Campo Grande News a prefeita Marta disse que acata a decisão judicial e que diante disso a cidade não terá show de aniversário. "Segundo entendimento do promotor, não é razoavel gastar dinheiro nesse momento de crise", disse. No mês passado, ela chegou a dizer que o valor a ser pago no show estava dentro do aceitável.

Finanças - O TJ ainda alega que o município confessou dívida perante a Secretaria de Receita Federal no total de R$ 533.797,75 relacionada ao recolhimento da contribuição previdenciária dos servidores públicos e requereu seu parcelamento em 60 prestações.

Também não foi feito o depósito de parcelas de precatórios junto à subconta criada no TJMS, atualmente em R$ 121.438,41, o que levou à inclusão do Município de Eldorado no Cadastro de Entidades Devedoras do Conselho Nacional de Justiça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)