Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/05/2005 08:20

Judiciário brasileiro discutido hoje no Supremo

STJ

Começa nesta quinta-feira, 12, no Supremo Tribunal Federal o I Seminário "A Justiça em Números – Indicadores Estatísticos do Poder Judiciário Brasileiro". O decano do Superior Tribunal de Justiça, ministro Antônio de Pádua Ribeiro, representará o STJ a pedido do presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Edson Vidigal, o, decano do Tribunal, no. O evento ocorre hoje e amanhã (12 e 13) na sede do STF, com abertura prevista para 9h.

O seminário será aberto pelo presidente do Supremo, ministro Nelson Jobim, pelo ministro Antônio de Pádua Ribeiro, representando o presidente do STJ, e pelo presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Vantuil Abdalla. Pretende-se, com o evento, apresentar os resultados apurados na pesquisa sobre indicadores estatísticos do Poder Judiciário, números apurados em recente pesquisa elaborada pelo INDF – Instituto de Desenvolvimento Gerencial e pela UnB a pedido do Supremo, com o objetivo de radiografar o funcionamento do Poder Judiciário brasileiro, identificar os principais problemas e mapear as iniciativas que vêm dando certo em todas as seções estaduais do País.

Os números foram obtidos em um estudo conduzido pelo Supremo, a partir de informações enviadas e validadas pelos próprios tribunais, nas esferas da Justiça Federal, estadual e do Trabalho, referentes a 2003. Segundo informações do STF, a mobilização para a obtenção dos dados foi iniciada com a realização, ao longo do segundo semestre do ano passado, de diversas reuniões com os presidentes dos tribunais e representantes de segmentos jurídicos para expor o projeto e conquistar a adesão à proposta. Em seguida, ocorreram reuniões setoriais para uniformizar a nomenclatura e aspectos conceituais utilizados.

O modelo construído – afirmou o presidente da Corte constitucional – tem como objetivo retratar o funcionamento do sistema judiciário e fundamentar a criação de políticas nacionais que reduzam as demandas judiciais, além de viabilizar medidas administrativas que confiram maior eficiência ao Judiciário brasileiro. Conheça alguns índices apurados.


Regina Célia Amaral, com reportagem de Viriato Gaspar

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)