Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/11/2004 13:14

Jovens agricultores discutem financiamento do Pronaf

Daniel Dutra /ABr

Cerca de 120 jovens trabalhadores rurais participam da discussão para a criação do Programa Nacional de Fortalecimento a Agricultura Familiar (Pronaf) voltado para os jovens. Eles participam do seminário "Juventude e Crédito", que está sendo realizado na Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (Contag), em Brasília.

O programa vai auxiliar os jovens agricultores de todo o país, filiados aos sindicatos rurais ligados à Contag. "A juventude tem necessidade desse crédito. O governo acabou de levantar uma série de dados sobre a situação da juventude no campo e o quadro é grave. Eles precisam de um apoio, principalmente financeiro, para começar a produção junto com sua família ou em outro espaço, no caso dos jovens que não tem terra própria", afirmou a coordenadora da Comissão Nacional de Jovens da Contag, Simone Battestin.

Os recursos para o programa são da ordem de R$ 100 milhões e cada jovem, entre 16 e 24 anos, deverá receber o teto de R$ 6 mil por ano. O secretário de Assuntos Fundiários do ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Valter Bianchini, explicou quais são os critérios para os jovens receberem o crédito. "É importante a presença num curso de formação profissional junto com qualquer entidade de assistência técnica credenciada, na casa familiar ou na escola agrotécnica. Para esclarecimentos, nós pedimos que procurem os sindicatos rurais, os escritórios da Emater ou os bancos que operam com crédito rural", explicou.

A proposta deve ser analisada ainda hoje por membros do MDA e do Banco do Brasil, que participam do seminário. Segundo Simone, existe um receio de que os jovens não cumpram com seus deveres por conta da pouca idade. A sindicalista Érica Fardin, 24 anos, mora em Castelo (ES) onde ajuda a família no cultivo de café. Para ela, é importante discutir o acesso do crédito rural aos jovens para ajudar a derrubar preconceitos. "Vai ser um crédito nosso, onde nós vamos ter acesso para trabalhar nossos projetos da maneira que queremos. Queremos diminuir a burocracia, porque você chega no banco e pensam que o jovem é um irresponsável, que não vai cumprir com seus deveres", lembra.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)