Cassilândia, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

02/06/2005 07:10

Ipea: assassinatos triplicaram no Brasil desde 1980

Irene Lôbo/ABr

A taxa de homicídios dolosos, ou seja, intencionais, quase triplicou no Brasil, passando de uma taxa de 11,4 vítimas por 100 mil habitantes em 1980 para 29,1 em 2003. O fácil acesso a armas de fogo, o crescimento do crime organizado e o alto grau de impunidade são apontados pela pesquisa Radar Social 2005, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), como os maiores responsáveis por esses homicídios.

A pesquisa também mostra que, em 2003, o Rio de Janeiro era, ao lado de Pernambuco, os estados com maior taxa de homicídios, 54,7 por 100 mil habitantes. Em terceiro lugar aparece o Espírito Santo, com 50,5, seguido pelo Distrito Federal (39,1), Rondônia (38,5), São Paulo (36,3), Alagoas (35,9), Amapá (35,5) e Mato Grosso (35). Os demais estados possuem taxas entre 10,8 e 29,9.

Numa comparação com as taxas de assassinatos em 15 países, o Brasil aparece em quarto lugar, com 23,4 mortes por 100 mil habitantes, segundo dados de 2002. Em primeiro lugar na lista está a África do Sul (114,8) e em último lugar o Líbano (3,4).

O estudo refuta a idéia de que a pobreza por si só é responsável pelo aumento da violência. "Os números mostram, no entanto, que a maioria absoluta das pessoas pobres não está envolvida com a criminalidade. E mais: que também os ricos praticam vários crimes (violentos ou não, como a sonegação de impostos). Isso não quer dizer que as carências sociais não aumentem a atratividade das soluções imediatas e ilegais, sobretudo para os jovens", diz a pesquisa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 21 de Janeiro de 2017
Sexta, 20 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 19 de Janeiro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)