Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/09/2004 10:58

Inflação recua em agosto e atinge 0,69%

Agência Brasil

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) recuou para 0,69% em agosto - registrou 0,91%, em julho.

Os dados divulgados hoje pelo Instituto mostram que o álcool combustível, com alta de 11,49%, em virtude da valorização da cana-de-açúcar, foi o ítem que mais pressionou o índice. Na Região Metropolitana de Curitiba, que apresentou a maior inflação (1,38%), os preços do álcool subiram 21,99%.

Ainda segundo o IBGE, a valorização da cana-de-açúcar provocou também alta nos gastos com alimentação, que subiram de 0,67%, em julho, para 0,85%, em agosto. Já a desaceleração das tarifas de energia elétrica e de telefone fixo ajudaram na queda da inflação em agosto. A energia elétrica segiu a tendência e caiu de 3,67% para 0,50%, o mesmo ocorrendo com o telefone fixo (de 4,88% para 0,62%). A gasolina, por sua vez, recuou de 2,46%, em julho, para 1,64%, em agosto.

No grupo de produtos Não-Alimentícios também houve um recuo de 0,64% - em julho a taxa foi de 0,98%, mesmo com a pressão do item Salário de Empregado Doméstico, que mostrou reflexos do aumento do salário mínimo ao passar de 0,74%, em julho, para 1,40%, em agosto.

Com o resultado de agosto (0,69%), o IPCA acumula 5,14% no ano, também abaixo do acumulado em igual período de 2003 (7,22%). Em 12 meses, o índice, que é usado pelo governo para balizar as metas inflacionárias, ficou em 7,18%, acima do resultado dos 12 meses imediatamente anteriores, que foi de 6,81%.

Entre as regiões, a maior inflação, de 1,38%, foi registrada em Curitiba, e a menor, de 0,26%, em Salvador. No Rio de Janeiro, a inflação ficou em 1,09% e em São Paulo em 0,57%.

O IPCA é calculado com base nas famílias com rendimentos mensais de 1 a 40 salários mínimos nas regiões metropolitanas de Curitiba, Rio de janeiro, Belém, Fortaleza, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife e Salvador, além de Goiânia e Brasília.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)