Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/04/2008 15:37

Indústria lidera a geração de empregos em MS

Impulsionado pelo avanço na indústria, Mato Grosso do Sul encerra março com o melhor desempenho no pais na geração de empregos com carteira assinada e com o segundo maior resultado para o mês em toda a série histórica do Caged (Cadastro de Empregados e Desempregados), iniciada em 1999. O saldo de março foi 4.910 empregos, correspondente à variação de 1,43% frente à criação de vagas de trabalho em fevereiro. A indústria respondeu por 33% deste total, gerando 1.638 novas frentes de trabalho. Entre os municípios sul-mato-grossenses, Nova Andradina se desponta com o maior avanço, de 2,31%.

Conforme o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), no mês passado, foram demitidos 17.772 trabalhadores e contratados 22.682, o que resultou no saldo de 4.910 empregos. Em fevereiro, foram geradas 4.030 vagas de trabalho. A melhoria do mercado em março sobre o mês anterior se deve, em maior medida, ao comportamento da indústria. Em março, o setor demitiu 4.413 empregados, mas admitiu outras 6.051 pessoas, fechando com saldo de 1.638 empregos. Frente a fevereiro, o avanço da indústria foi de 2,48%. Este índice se torna ainda mais significativo se for considerado o avanço industrial de fevereiro sobre janeiro, que foi de 1,52%, quase um ponto percentual abaixo da variação de março.

O segundo melhor desempenho vem da administração pública. Em março, o segmento criou 67 vagas, avanço em 2,36% sobre o saldo de fevereiro. Foram contratadas 83 pessoas e demitidas 16. A agropecuária permanece entre os líderes na geração de emprego em Mato Grosso do Sul, encerrando março com avanço relativo de 2,13%, o terceiro melhor resultado entre as atividades econômicas. O segmento contratou 4.419 trabalhadores e desligou 3.135. Em seguida, com variação de 2,03%, está a construção civil. Em março, as empresas do setor demitiram 2.262 trabalhadores e contrataram outros 2.673.

De todos os municípios, Nova Andradina é o que apresenta o melhor saldo de empregos em Mato Grosso do Sul. As empresas da cidade contrataram 898 trabalhadores e demitiram 714, o que resulta no saldo de 184 novas frentes. Esse saldo está 2,31% acima do de fevereiro. Em números relativos, os grandes responsáveis pela liderança do município são a construção civil e a agropecuária.

As empresas de construção civil contrataram, em Nova Andradina, 13 trabalhadores e demitiram apenas três. O saldo de dez novos empregos representa avanço relativo de 12,995 sobre o resultado de fevereiro. A agropecuária contratou 652 trabalhadores e demitiu 458. O saldo, de 194 empregos, é 10,19% maior ao do mês anterior.

A capital aparece na posição tímida de quarto lugar na criação de empregos. As empresas da cidade demitiram 7.235 pessoas e contrataram 8.799, o que resulta no saldo de 1.564 vagas. O avanço com relação a fevereiro foi de 1,10%. A construção civil e a indústria são as atividades que mais geram empregos, em números relativos, no município. A indústria de Mato Grosso do Sul avançou em 3,86% sobre o mês anterior. A atividade admitiu 2,030 pessoas e demitiu 1.529, chegando no saldo de 501 frentes de trabalho formais. A indústria, que incrementou o saldo em 3,50%, contratou 1.499 e desligou 937 trabalhadores.

Em números relativos, o avanço de março sobre o mês anterior verificado em Mato Grosso do Sul é o maior do país. O segundo melhor resultado foi apresentado pelo Paraná, com avanço de 1,27% sobre fevereiro. O estado de Alagoas aparece em última posição na variação entre os saldos de empregos de fevereiro para março. O índice alagoano é de -7,37%.

Em todo o país, foram criados 206.556 novos empregos. Esse saldo resulta da contratação de 1.433.140 trabalhadores e da demissão de 1.226.584.o incremento relativo sobre fevereiro é de 0,70%.




Midiamax

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)