Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/09/2014 16:06

Indústria fecha 600 vagas e geração de emprego tem queda de 50% em MS

Campo Grande News

Pelo segundo mês consecutivo, a indústria foi o setor de Mato Grosso do Sul que mais demitiu trabalhadores. Segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados) divulgados hoje, o segmento terminou agosto com deficit de 613 vagas de emprego. No mês anterior a queda foi de 212 postos.

No total, o Estado gerou 1.318 postos em agosto. Crescimento de 0,26% em relação em julho, mas queda superior a 50% comparado a agosto de 2013, quando foram gerados 2.694 postos de trabalho. Assim como no mês passado, o setor de serviços "salvou" o desempenho estadual, com saldo de 914 empregos.

Após uma sequencia trimestral de quedas, a construção civil voltou a contratar e terminou agosto com saldo de 761 postos gerados, seguido pelo Comércio com 179, a agropecuária com 44 e a extrativa mineral com 36. Os serviços industriais de utilidade pública e a administração pública, juntas, demitiram três trabalhadores.

Ainda de acordo com informações do Caged, nos últimos 12 meses, houve crescimento de 1,21% no nível de emprego no Estado, o equivalente a 6.218 postos de trabalho.

Municípios - O município de Naviraí foi o que mais teve demissões em agosto, com deficit de 1.374 posto, segundo levantamento feito pelo Caged nos municípios do Estado com mais de 30 mil habitantes.

Outros quatro municípios terminaram o mês com queda no número de empregos, sendo Aquidauana (-39), Sidrolândia (-33), Amambai (-25) e Corumbá (-11). Em contra partida, Campo Grande gerou 621 postos de trabalho em agosto e Três Lagoas outras 340 vagas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)