Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/06/2005 14:15

Imap nega pedido de desmatamento em 16 áreas de MS

Marina Miranda / Campo Grande News

O Imap (Instituto de Meio Ambiente Pantanal) negou pedidos de desmatamento de 2,3 mil hectares em 16 propriedades rurais de Mato Grosso do Sul. A área corresponde a 2.830 campos de futebol e, conforme os requerentes, daria espaço para agricultura ou criação de gado.
A listagem foi publicada na edição de ontem do Diário Oficial do Estado, conforme matéria divulgada ontem pelo Campo Grande News que aponta que, ao todo, 42 processos de pedidos de autorização ou licença ambiental foram indeferidos.
Para conseguir licença ambiental do Imap, o processo passa por análise técnica, tanto na documentação que o acompanha quanto na verificação in loco das informações oferecidas. No caso de pedido de supressão de vegetação (desmatamento), um técnico visita a área, certifica-se de que as reservas legais e matas ciliares estão preservadas, analisa o tipo de vegetação, a topografia e diversos outros itens, e só então emite o laudo, conforme informações da assessoria de imprensa do instituto.
Desde o dia 1º de agosto de 2004 até este mês, haviam sido protocolados 720 pedidos de autorização no Imap. Desse total, pelo menos 70% referem-se à supressão de vegetação. O órgão salienta que o proprietário rural tem o direito constitucional de desmatar sua área, desde que atenda aos critérios ambientais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)