Cassilândia, Sábado, 20 de Julho de 2019

Últimas Notícias

12/03/2019 09:08

III Encontro de Cancerologia do Interior Paulista começa dia 14

Redação
O médico oncologista cassilandense, Dr. Gustavo Colagiovanni Girotto, é um dos coordenadores do evento.O médico oncologista cassilandense, Dr. Gustavo Colagiovanni Girotto, é um dos coordenadores do evento.

O fato de se localizar no interior do Brasil, a 450 quilômetros da metrópole mais próxima, não impediu que o Centro Integrado de Pesquisa (CIP) do Hospital de Base de São José do Rio Preto (HB) se tornasse uma das cinco maiores e mais respeitadas instituições desta área na América Latina. Ele destina-se ao estudo, com a participação de pacientes voluntários, para o desenvolvimento de novos medicamentos, resultando em mudanças em protocolos de medicações que alcançam o mundo todo.

Na comunidade científica brasileira, o CIP é considerado modelo não só na condução, produtividade e resultados de pesquisa, mas também de gestão, tanto que, com apenas oito anos de existência, vem recebendo visita de pesquisadores e gestores das maiores instituições acadêmicas do Brasil.

O interesse neste modelo de gestão e de fazer pesquisa é tamanho que resultará na apresentação de uma palestra no III ECIP - Encontro de Cancerologia do Interior Paulista, a ser realizado, de 14 a 16 de março, na Famerp – Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, escola ligada ao Hospital de Base.

A palestra será ministrada pelo médico Gustavo Colagiovani Girotto, investigador chefe da área de oncologia do CIP e um dos coordenadores do III ECIP. “Demonstração do respeito e prestígio que conquistamos nestes oito anos, somente em 2018, nosso centro de pesquisas recebeu mais de 80 convites para participar de estudos multicêntricos mundiais”, revela Girotto.

Os números do CIP do Hospital de Base justificam estar entre os cinco principais da América Latina. Atualmente, seus 75 investigadores conduzem 187 pesquisas em 15 especialidades médicas diferentes.

Foi extraordinário o impacto do CIP na produção científica do complexo hospitalar da Funfarme – Fundação Faculdade Regional de Medicina de Rio Preto, que reúne, além do Hospital de Base, o Hospital da Criança e Maternidade (HCM), o Hemocentro de Rio Preto, o Instituto do Câncer (ICA), a Unidade do Instituto de Reabilitação Lucy Montoro e o Ambulatório Geral de Especialidades.

Se em 2011, ano da inauguração do CIP, 76 estudos, hoje são 187, aumento de 146%. A adesão de profissionais à pesquisa foi ainda mais impressionante. Saltaram de 13 para 75 investigadores.

Especialidades médicas envolvidas nos estudos: 

Cardiologia
Dermatologia
Endocrinologia
Gastroenterologia
Hematologia
Infectologia
Nefrologia
Neurologia
Oncologia
Proctologia
Psiquiatria
Reumatologia
Terapia Intensiva
Vascular

Esta profícua produção científica é possível porque o CIP do HB oferece, em seus 500 metros quadrados, infraestrutura, suporte técnico, logístico e operacional. “Importante destacar que recebemos apoio incondicional da Funfarme e de suas Diretorias, para as quais a pesquisa científica é o tripé de sustentação da fundação, junto com a assistência e a educação”, diz a médica cardiologista Lilia Nigro Maia, diretora do CIP.

Sua estrutura física foi planejada de acordo com as exigências dos órgãos regulatórios nacionais e internacionais e conta com equipamentos modernos e equipe multiprofissional experiente e altamente capacitada para a condução de estudos clínicos.

Paralelamente, o CIP fornece apoio técnico e científico para as pesquisas acadêmicas (básicas e aplicadas) desenvolvidas na Instituição.

Para fazer sua inscrição, clique aqui.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 20 de Julho de 2019
Sexta, 19 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Quinta, 18 de Julho de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)