Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Últimas Notícias

14/09/2004 09:17

Idosos continuam sem passe livre linhas interestaduais

Marcela Duarte D’Alessandro /ABr

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Edson Vidigal, indeferiu o pedido de liminar proposto pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e pela Advocacia Geral da União. Isso quer dizer que continuam suspensas a fiscalização e a punição de empresas de ônibus interestaduais que não reservarem dois lugares para idosos com sessenta anos ou mais e renda de até dois salários mínimos, como prevê o Estatuto do Idoso.

Segundo o ministro, o cumprimento dessa determinação do Estatuto do Idoso fere as leis de mercado e a Constituição Federal, que garante o respeito aos contratos firmados entre empresas concessionárias e o Estado. Na opinião do ministro Edson Vidigal, a medida só seria possível se o Estado indenizasse essas empresas.

No dia 23 de julho, o STJ concedeu liminar à Abrati (Associação Brasileira das Empresas de Transporte Rodoviário Interestadual e Internacional de Passageiros), suspendendo a aplicação do Estatuto aos associados da entidade. Duas semanas depois, a ANTT conseguiu a suspensão dessa liminar. Na semana passada, a ANTT e a Advocacia Geral da União entraram novamente com pedido de liminar no STJ.

A assessoria de imprensa da ANTT que ainda não foi notificada da decisão do Superior Tribunal de Justiça e que só vai se pronunciar sobre o caso depois de julgado o mérito da ação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)