Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/03/2008 15:01

Ibama ignora "chiadeira" de Maggi e mantém operação

Rubens de Souza/Redação 24 Horas News


A chiadeira do governador Blairo Maggi quando aos números apresentados pelo Inpe com relação ao desmatamento em Mato Grosso parece não estar surtindo efeito junto ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). O órgão federal não acredita em grandes diferenças nos procedimentos de combate ao desmatamento. Tanto assim que o Ibama e a Polícia Federal, continuam com a fiscalização de madeireiras em Sinop sem a participação da Secretaria do Meio Ambiente do Estado. O governo do Mato Grosso alega que os índices de desmatamento utilizados pelo Ibama estão errados.

O coordenador geral de fiscalização do Ibama Luciano de Meneses Evaristo explica que a diferença nos índices não muda o fato e argumenta que existe muita ilegalidade na região. "Estamos encontrando pátios com a “barriga cheia” de madeira, e o nível de ilegalidade é muito alto, independente dos índices", diz. A operação Arco de Fogo fechou nesta semana uma serralheria em Sinop.

Segundo Menezes Evaristo, o governo federal deseja trabalhar em conjunto com as secretarias do meio ambiente, fortalecendo os órgãos estaduais, e as questões técnicas serão debatidas na tentativa de se conseguir algum acordo. Ele só não soube explicar como que pretende trabalhar com a Sema de Mato Grosso, uma vez que o órgão foi excluído das investigações que estão em andamento.

Evaristo também rebateu as críticas de que o Ibama não está fiscalizando nas regiões desmatadas, mas apenas em pátios de serralherias. "Neste momento a ação ocorre em pátios de madeireiras, mas isso não quer dizer que a origem não será fiscalizada". Em relação ao suposto excesso na força policial, Evaristo acredita que a ação é necessária já que "várias vezes tentamos fiscalizar pátios em Mato Grosso e fomos impedidos", diz.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)