Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/04/2010 09:12

Homem matou porque não se conformava com separação

Campo Grande News/ Fernanda Mathias e Aline Queiroz

A morte de Gisele Aparecida da Cruz Silva, de 40 anos, foi motivada pelo inconformismo do ex-marido, Alzir da Silva Filho, 44 anos, do qual havia se separado há seis meses.

Quem conta é a filha do casal, Gislaine Carolina da Silva, 19 anos. Ela diz que os pais viveram juntos por 20 anos e Alzir não se conformava com a separação.

Ele fazia ameaças à ex-esposa e dizia que ela não “seria de mais ninguém”, mas os familiares não acreditavam que ele pudesse chegar ao ponto de matar Gisele.

Na manhã de hoje, Gisele fez o caminho de sempre para ir ao trabalho. Às 5 horas saiu de casa, no bairro São Conrado, para pegar condução na rua Carangola. O ônibus passa às 5h30.

Gisele seguia com a mãe dela, Benedita Pinto Cruz, 69 anos, quando foi arrastada por Alzir até a rua Pampulha e esfaqueada.

Violento – Benedita diz que Alzir era “um monstro” e que maltratava a esposa e o filho. “Era uma pessoa muito violenta e ela enjoou. Não quis mais”, resumiu.

Segundo ela, há três meses Gisele registrou um boletim de ocorrência contra Alzir. Benedita diz que sempre acompanhou a filha porque quando ela saia de casa ainda era escuro e temia pela segurança dela. “De nada adiantou minha proteção”, lamenta.

A mãe de Gisele conta que Alzir teria abordado a moça com violência e disse que queria conversar. Ele arrastou Gisele, a esfaqueou e a mãe da vítima pulou sobre Alzir, mas foi jogada no chão.

Gislaine, que é a filha mais velha do casal e tem outros dois irmãos, de 11 e 17 anos, cobra punição para o pai, que está foragido: “Não sei e nem quero saber só quero que ele pague por isso, isso não é coisa que se faça”.

Alzir trabalha como açougueiro no Mercadão e Gisele era atendende de uma padaria na Avenida Afonso Pena.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)