Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/05/2011 08:51

Homem mantém o filho refém por mais de 9 horas em Corumbá

Francisco Júnior, Campo Grande News

Por mais de nove horas, Osmar Koester, 31 anos, manteve o próprio filho de 2 anos refém em Corumbá.

De acordo com o site Diário Online, tudo começou por volta das 16 horas de ontem (12), quando Rosita de Jesus da Silva, de 35 anos, ex-mulher do sequestrador , foi buscar o filho na casa dele. A mulher estava acompanhada de uma irmã, fato que irritou Osmar, que começou uma discussão com as duas mulheres.

Com a chegada do Conselho Tutelar e de uma guarnição da Polícia Militar no local, o homem acabou fazendo o filho refém. Rosita e a irmã foram liberadas por ele e saíram da casa.

Por conta da situação, policiais civis e militares, agentes DOF (Departamento de Operações da Fronteira), Força Nacional, equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros foram acionados para o local. Todo o quarteirão foi isolado pela polícia, porém, o caso acabou atraindo vizinhos e populares que se aglomeraram para acompanhar o desfecho do caso.

Durante a negociação, Osmar fez exigências para se entregar. Ele queria a presença de um advogado, de uma equipe de TV, além de querer conversar com a mãe do menino.

Policiais do Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) de Campo Grande ajudaram nas negociações.

Osmar Koester usou uma pistola 9 milímetros durante todo o tempo que manteve a criança refém. Por volta da 01h05 da madrugada de hoje, 13, ele se entregou e foi levado para o 1º Distrito Policial.

O sequestrador deve ser indiciado por sequestro e cárcere privado qualificado e porte ilegal de arma de uso restrito. Na saída da casa, ele se limitou a dizer que \"era pai e fez isso por causa do filho\".

Logo que foi liberada, a criança recebeu atendimento da equipe do Samu e passa bem. Osmar já cumpriu pena por tráfico de drogas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)