Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/08/2013 20:41

Homem estupra deficiente e pede para a mãe da vítima não denunciá-lo

Robson Tavares, Tribuna Livre

Uma mulher de 29 anos, portadora de necessidades especiais foi vítima de estupro dentro de sua própria casa na madrugada de terça-feira (30), em Paranaíba. A vítima teve que ficar sozinha em casa, momento que o indivíduo aproveitou para abusá-la sexualmente.

De acordo com o Boletim de Ocorrências, a mãe da vítima, uma mulher de 53 anos, informou que na segunda-feira (29), precisou ir até a cidade Itajá-GO, porém como não tinha com quem deixar sua filha, a deixou sozinha em casa. Ela contou que deixou apenas a porta da cozinha destrancada, as demais portas e o portão da residência ficaram trancados.

Segundo ela, por volta das 7h de segunda-feira, recebeu uma ligação em seu celular, onde um homem, conhecido por ela, perguntou onde a mesma estava. Então, ela disse que estava aguardando uma carona para a cidade de Itajá-GO. Até então, a vítima não desconfiou de nada.

Quando a mãe da vítima retornou a Paranaíba, na manhã de terça-feira, ao chegar em casa percebeu que o portão não estava como ela havia deixado. Ao entrar em casa, encontrou sua filha chorando e muito triste. Ao perguntar o que havia acontecido, a vítima disse que um sujeito (o mesmo que havia telefonado para sua mãe) esteve lá e a levou para o quarto. Tirou as roupas dele e as dela e passou a molestá-la. A vítima contou ainda que foi violentada sexualmente pelo indivíduo de diversas formas.

Logo que soube do fato, a mãe da vítima ligou para o indivíduo, ele atendeu a ligação e foi até a casa dela. Em conversa com ele, o sujeito disse para a mãe da vítima que não o denunciasse, dizendo para ela não “complicar” a vida dele, pois ele é um homem casado.

Diante dos fatos, a mãe da vítima procurou a polícia e denunciou o caso, passando apenas o primeiro nome do indivíduo as autoridades, que seguem com as investigação.

O caso foi registrado como Estupro de vulnerável, quando praticado com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a pratica do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.


Autor: Jornal Tribuna Livre Online

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)