Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/07/2005 09:34

História: O Brasil na Libertadores da América

CBF News

Pela primeira vez na história da Taça Libertadores da América, a final da competição será disputada entre dois clubes brasileiros, como vai acontecer a partir desta quarta-feira entre Atlético Paranaense e São Paulo.

A Taça Libertadores da América teve a sua primeira edição em 1960. E foi o Palmeiras, logo no ano seguinte, o primeiro clube brasileiro a chegar à final, contra o Peñarol, do Uruguai, depois de eliminar nas semifinais o Independiente de Santa Fé, da Colômbia.

Foram dois jogos pelas semifinais, nos dias 21 e 28 de maio de 1961. No primeiro, no Estádio El Campín, em Bogotá, houve empate em 2 a 2. Perazzo e Castro fizeram os gols do Independiente. Gildo e Chinesinho marcaram para o Palmeiras, que jogou com Waldir, Djalma Santos, Waldemar Carabina, Aldemar e Geraldo Scotto, Zequinha e Chinesinho; Julinho, Romeiro, Geraldo II e Gildo.

Na segunda partida, no Pacaembu, o Palmeiras goleou o Independiente por 4 a 1 com a seguinte escalação: Waldir, Djalma Santos, Waldemar Carabina, Aldemar e Geraldo Scotto, Zequinha e Chinesinho; Julinho, Romeiro, Geraldo II (Humberto Tozzi) e Gildo.

O Palmeiras estava classificado para a decisão da Libertadores, que seria disputada contra o Peñarol em uma melhor-de-três que acabou não sendo necessária - o Peñarol venceu o primeiro jogo, em Montevidéu, e houve empate na segunda partida, no Pacaembu.

Peñarol 1 a 0 no Centenário

O primeiro jogo foi disputado no dia 4 de junho de 1961, no Estádio Centenário, com 70 mil pagantes. Spencer fez o gol do Peñarol e os times entraram em campo com as seguintes escalações.

Peñarol: Maidana, William Martinez, Cano, Gonzalez, Matosas, Aguerre, Luis Cubilla, Ledesma, Spencer, Sasia e Joya.

Palmeiras: Waldir, Djalma Santos, Waldemar Carabina, Aldemar e Geraldo Scotto; Zequinha e Chinesinho; Julinho, Humberto Tozzi, Geraldo II e Romeiro.

1 a 1 no Pacaembu

No dia 11 de junho, o Palmeiras entrou no Pacaembu, com 50 mil pagantes, precisando vencer para forçar o terceiro jogo da decisão. Nardo abriu o placar para o Palmeiras, mas Sasia, de pênalti, empatou o jogo em 1 a 1 e deu o título da Taça Libertadores de 1961 ao Peñarol.

Palmeiras: Waldir, Djalma Santos, Waldemar Carabina, Aldemar e Geraldo Scotto; Zequinha e Chinesinho; Julinho, Humberto Tozzi, Geraldo II e Romeiro (Nardo).

Peñarol: Maidana, William. Martinez, Cano, Gonzalez, Matosas, Aguerre, Luis Cubilla, Ledesma, Spencer, Sasia, Joya.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)