Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Últimas Notícias

16/06/2017 06:40

Grêmio bate Fluminense no Maracanã e segue na cola do Corinthians

Campo Grande News

 

O Grêmio mostrou por que é um dos grandes candidatos ao título do Campeonato Brasileiro nesta quinta-feira. No encerramento da sétima rodada, o time gaúcho foi ao Maracanã para um difícil confronto diante do Fluminense, e mesmo sem ser brilhante taticamente, se aproveitou das jogadas de bola parada para vencer por 2 a 0, com gols de falta de Edílson e Luan. 

O resultado mantém a perseguição do Grêmio ao Corinthians. São seis vitórias e 18 pontos para o time gaúcho em 21 partidas, desempenho que lhe dá a vice-liderança, um ponto atrás do rival paulista. Vale lembrar que a única derrota aconteceu no Recife, para o Sport, quando Renato Gaúcho poupou os seus titulares.

Por outro lado, o Fluminense voltou a mostrar problemas de criação e sentiu falta dos desfalques. Com muitas baixas por lesão, o time carioca foi pouco efetivo nesta quinta, acabou facilmente envolvido na marcação gremista e praticamente não assustou o gol de Marcelo Grohe. Assim, parou nos dez pontos, na décima colocação.

Em busca da reabilitação, o Fluminense terá pela frente o clássico com o Flamengo, que será disputado no domingo, às 16 horas, no Maracanã. O Grêmio, por sua vez, volta a campo na segunda-feira, quando terá outro difícil duelo, desta vez contra o Cruzeiro no Maracanã, às 20 horas.

O JOGO - Quando as equipes ainda se ambientavam, o Grêmio saiu na frente em um lance muito feliz de Edílson. Logo aos sete minutos, o lateral arriscou chute direito em cobrança de falta da intermediária. A batida saiu muito veloz e morreu no ângulo direito do goleiro Júlio Cesar, que não alcançou.

O gol fez o Fluminense se lançar à frente, e não demorou para sair o empate, mas foi anulado. Aos 10 minutos, Léo cobrou lateral para a área, Scarpa tocou para Richarlison, que, impedido, bateu para a rede. O auxiliar confirmou o gol em um primeiro momento, mas depois voltou atrás e invalidou.

O lance pareceu esmorecer o Fluminense, que diminuiu o ritmo e não mais incomodou o Grêmio. O time da casa tinha o domínio territorial e a posse da bola, mas não era criativo o suficiente para furar a forte defesa gremista. Somente aos 47, voltou a ser perigoso, em chute de fora da área de Henrique Dourado, que passou rente à trave.

Abel Braga notou a pouca agressividade do Fluminense e voltou do intervalo com o meia Lucas Fernandes na vaga do lateral Léo. A substituição deu certo e pareceu pegar o Grêmio desprevenido. Logo nos primeiros segundos, o jogador mostrou serviço ao tabelar com Scarpa e bater cruzado, com perigo.

O Fluminense ganhou mais corpo no ataque e passou a incomodar mais. O empate poderia ter saído aos quatro, quando Wendel fez linda jogada pela esquerda, foi fazendo fila e tocou para o meio na saída de Grohe. Geromel impediu que ela chegasse em Dourado e Richarlison ficou com a sobra, mas isolou.

As chances perdidas fariam falta, porque o Grêmio encaixou a marcação e voltou a fechar os espaços ao adversário. No contra-ataque, ainda levou perigo em um chute de fora da área de Edílson, que quase marcou aos 14.

O time gaúcho encontrava liberdade para contra-atacar, e foi assim que quase ampliou aos 17. Luan fez fila na intermediária e deu linda enfiada para Arthur, que exigiu grande defesa de Julio Cesar. O rebote ficou com o próprio Luan, que emendou de primeira, para fora.

O atacante gremista começava a aparecer, e foi ele quem decidiu o confronto aos 34 minutos. Fernandinho sofreu falta próxima à área pela esquerda. Luan conversou com Edílson, pediu para bater e foi certeiro: acertou o canto direito de Júlio Cesar, que não alcançou.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 0 X 2 GRÊMIO

FLUMINENSE - Julio César; Lucas (Renato), Henrique, Reginaldo e Léo (Lucas Fernandes); Mateus Norton, Wendel, Gustavo Scarpa (Pedro) e Calazans; Richarlison e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon (Everton), Ramiro, Arthur e Pedro Rocha (Fernandinho); Luan (Gastón Fernández). Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Edílson, aos sete minutos do primeiro tempo. Luan, aos 34 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Elmo Alves Resende Cunha (GO).

CARTÕES AMARELOS - Henrique Dourado, Mateus Norton, Henrique, Calazans (Fluminense); Edílson, Fernandinho, Everton (Grêmio).

RENDA - 10.273 pagantes (11.652 presentes).

PÚBLICO - R$ 316.740,00.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio (RJ).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)