Cassilândia, Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019

Últimas Notícias

22/11/2019 14:30

Governo quer implantar radares com nova tecnologia no ano que vem

Correio do Estado

 

Os radares em Mato Grosso do Sul podem voltar a funcionar já no ano que vem, segundo afirmou o governador do Estado, Reinaldo Azambuja e o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MS) Luis Carlos Rocha Lima. Mas para o ano que vem, os aparelhos não serão os mesmos e os que eram antigos darão lugar a radares com tecnologia mais avançada.

Segundo o diretor-presidente do Detran/MS, a equipe está fechando os termos de referência para o edital e a abertura da licitação será lançada em janeiro de 2020. “Nós queremos equipamentos mais modernos e baratos, até porque com o avanço da tecnologia é preciso trocar os equipamentos antigos, queremos lombadas eletrônicas, estamos na construção do edital, fechando os últimos detalhes e a expectativa que seja implantado já em 2020”, disse.

Segundo Luis Carlos, o edital está sendo baseado conforme solicitações de cidades que tem maior fluxo de veículos e são consideradas sensíveis no trânsito, como em frente de escolas por exemplo e equipamentos nas rodovias. “ Nós recebemos as solicitações dos municípios, mas a equipe de engenharia faz o estudo técnico para verificar a possibilidade de instalação do equipamento, com isso, estamos buscando a melhor composição para a instalação de lombadas também”, contou o diretor.

Ao Correio do Estado, o representante do Detran Estadual adiantou que serão solicitados em edital aproximadamente 300 faixas- onde serão implantados os equipamentos. Ele explicou que geralmente é implantado de um a dois aparelhos a cada duas ou quatro faixas.

RADARES DESLIGADOS
Em setembro deste ano, o Detran/MS rescindiu o contrato com a empresa vigente a Perkons. Um mês antes, a empresa desligou 144 radares no Estado dos quais 12 em Campo Grande, no Parque dos Poderes.

Na época, a empresa informou que os aparelhos foram desligados por inadimplência por parte do Estado, em uma dívida no valor de R$ 10,4 milhões.

Radares foram desligados em julho e depois em agosto.
O Detran/MS informou que foi realizado acordo com a empresa e o valor total da dívida é de R$ 7,8 milhões e foram divididos em quatro parcelas, sendo a última com vencimento em dezembro.

Além de Campo Grande, a Perkons operava radares nas cidades de Amambai, Anastácio, Anaurilândia, Bataguassu, Batayporã, Deodápolis, Dourados, Glória de Dourados, Ivinhema, Jateí, Maracaju, Naviraí, Nova Andradina, Rochedo, Sidrolândia, Três Lagoas e Ponta Porã.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 10 de Dezembro de 2019
06:30
Loterias
Segunda, 09 de Dezembro de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Domingo, 08 de Dezembro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)