Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

21/05/2015 08:44

Governo propõe reajuste gradual até 2022 e professores vão discutir se aceitam

Correio do Estado

Durante reunião com representantes da Federação dos Profissionais de Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), nesta quarta-feira (20), o Governo do Estado apresentou proposta de integralizar o piso salarial da categoria anualmente, de forma gradativa até o ano de 2022.

A proposta será repassada para os sindicatos municipais da categoria, que devem realizar assembleias e decidir se aceitam o acordo. Caso a proposta não seja aceita, os professores devem entrar em greve na segunda-feira (25).

De acordo com o presidente da Fetems, Rodrigo Botarelli, a proposta é que em outubro de 2015 seja concedido 4,37%. A partir de outubro de 2016, o valor será reajustado anualmente em 3,74%, até 2022. Além desse reajuste, a categoria terá ainda a correção anual nacional.

Ainda segundo Boterelli, o governo se comprometeu a acrescentar uma emenda no artigo 49 da Lei Complementar 089/200, que trata das políticas salariais dos professores. Isso garante segurança para a categoria de que o acordo seja cumprido.

Botarelli afirma também que falta discutir a data-base dos funcionários administrativos, de maio para janeiro, para a qual não foi apresentada proposta do Governo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)