Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/07/2007 15:42

Governo projeta perdas de R$ 60 mi com Supersimples

Graciliano Rocha - Campo Grande News

A criação do novo regime tributário simplificado, o Supersimples, pode tirar R$ 60 milhões por ano da arrecadação de ICMS de Mato Grosso do Sul. A projeção foi apresentada nesta quarta-feira pelo secretário Mário Sérgio Lorenzetto (Fazenda). Isso acontece porque uma das bases do novo modelo é a renúncia fiscal. Podem fazer parte desse regime tributário simplificado as empresas que faturam até R$ 2,4 milhões por ano.

A adesão para as empresas que não faziam parte do Simples começou anteontem e o prazo vai até o dia 31 de julho e pode ser feito por meio do site da Receita Federal. Após o dia 31 de julho, a troca só poderá ser feita em janeiro de cada ano. No entanto, para fazer essa adesão, é preciso não possuir débitos com a Receita Federal, Previdência Social e Estados e municípios.

No caso das empresas que já estavam no Simples, a migração foi automática para quem não tinha débitos. Segundo Lorenzetto, 5549 empresas já migraram em MS.

O Supersimples é composto por tributos federais (IR, IPI, CSLL, PIS, Cofins e contribuição previdenciária), ICMS (estadual) e ISS (municipal). O Simples antigo, que vigorou até o final de junho, englobava apenas os impostos e contribuições da União. Para aderir é necessário não ter dívidas com a União, o Estado e o município.

As dívidas poderão ser parcelas em até 120 meses. A prefeitura de Campo Grande criou um programa de refinanciamento para os contribuintes em débito com o ISS. Os descontos são progressivos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)