Cassilândia, Sábado, 26 de Maio de 2018

Últimas Notícias

12/04/2006 18:05

Governo intervém em fundo de pensão da Varig

Lourenço Melo e Alana Gandra/ABr

A Secretaria de Previdência Complementar do Ministério da Previdência Social decretou intervenção no Instituto Aerus de Seguridade Social, que reúne 7 mil aposentados e pensionistas da Varig. A diretoria foi destituída e determinada liquidação extrajudicial de dois planos, os de benefícios I e II, patrocinados pela empresa. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (12) e "destina-se a proteger os interesses previdenciários dos participantes", segundo o ministério.

A decisão foi tomada depois que a empresa anunciou disposição de utilizar entre US$ 100 e US$ 150 milhões do Fundo de Pensão Aerus para o caixa da companhia. A secretaria nomeou Erno Dionízio Brentano interventor do Aerus e liquidante dos planos I e II patrocinados pela Varig, no fundo de pensão. Ele vinha sendo administrador especial para gestão dos planos da Varig.

A decisão foi apoiada pela organização Trabalhadores do Grupo Varig (TGV), entitade que reúne sindicatos e associações de funcionários da Varig. Por meio de sua assessoria, a direção da TGV afirmou há pelo menos três anos e meio os funcionários da Varig alertaram a secretaria sobre a ocorrência de irregularidades no fundo de previdência. A principal crítica da TGV é que o o presidente do Aerus, Odilon Junqueira, era ao mesmo tempo diretor de Recursos Humanos da Varig. Segundo a TGV, isso representava um "conflito de interesses".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)