Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/10/2005 09:23

GO:Incra começa a notificar fazendeiros para deixar área

Valtemir Rodrigues/ABr

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) está dando prioridade ao reconhecimento das áreas Kalunga (remanescentes de quilombos) no estado de Goiás. A área envolve cerca de 253 mil hectares nos municípios de Monte Alegre de Goiás, Teresina de Goiás e Cavalcante. Esse território forma o mais antigo quilombo do país. Quase metade das terras está sob posse de fazendeiros que já começaram a ser notificados para desocupação.

Segundo o coordenador de Ordenamento Territorial do Incra, Marcos Kovarik, quatro das 29 vistorias já foram feitas. Ele explicou que a notificação é o primeiro passo para a regularização e para garantir aos Kalunga o direito de ter sua propriedade. "Nós estamos agora garantindo e consolidando todo o território para que as futuras gerações tenham garantido seu espaço de reprodução da cultura, do modo de viver, seu desenvolvimento, sua evolução", afirmou.

"Temos urgência nesse trabalho porque vários benefícios estão indo pra área. A comunidade já recebeu energia e estradas, já avançou nas escolas, já está até fazendo cartilhas próprias", explicou Kovarik. Ele disse também que a previsão é de, até o fim do ano, vistoriar todas as propriedades irregulares para que em 2006 os Kalunga tenham suas áreas reconhecidas.

Cerca de 4 mil remanescentes de quilombos vivem em 28 comunidades na região. Esse território faz parte do Sítio Histórico dos Kalunga demarcado em 1995 pelo governo de Goiás e reconhecido pelo governo federal cinco anos mais tarde, quando foi emitido o Título de Reconhecimento de Domínio.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)