Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

23/10/2013 14:31

Gleisi confirma leilão da BR-163 em 2013 e admite privatizar 262 e 267

Campo Grande News

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, afirmou, durante a sessão no Senado desta quarta-feira, que as BRs 262 e 267 ainda podem ser privatizadas. Elas foram retiradas do leilão da BR-163, que deve ocorre até o fim deste ano.

Ao contrário do divulgado de manhã pela Folhaonline, a ministra reafirmou, ao senador Waldemir Moka (PMDB), que os 847 quilômetros da BR-163 em Mato Grosso do Sul podem ir a leilão no dia 17 de dezembro. A data já havia sido antecipada pelo ministro dos Transportes, César Borges, na semana passada.

Em audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado, Gleisi disse, segundo o peemedebista, que o leilão da 163 deve ocorrer entre os dias 15 e 20 de dezembro deste ano.

Sobre o Tribunal de Contas da União deve liberar o processo de privatização na sessão prevista para 6 de novembro deste ano.

“Deixamos os trechos da 262 e da 267 para uma segunda etapa. Se fizéssemos a concessão dessas duas BRs em conjunto com a 163, o processo não seria sustentável”, justificou, sobre a retirada das duas rodovias. As três juntas deveriam ter investimentos de R$ 11 bilhões.

Sobre a ferrovia que ligará Maracaju ao Porto de Paranaguá, no Paraná, a ministra informou que o leilão deverá ser oferecido na quarta ou quinta etapa do programa de investimento do Governo federal. Gleisi considera a ferrovia vital para as economias de Mato Grosso do Sul e dos Estados da região Sul.

Moka disse que todos os questionamentos feitos à ministra se referem a obras importantes para o desenvolvimento socioeconômico de Mato Grosso do Sul. “As respostas da ministra Gleisi sinalizam que esses empreendimentos têm importância também na visão do Governo federal. E isso é muito bom”, avalia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)